Compartilhe essa Notícia:


Condutores de veículos que tentaram entrar na cidade de Capinzal do Norte na manhã desta sexta-feira (08), se surpreenderam com barreiras - algumas de concreto - que foram instaladas em duas das três entradas que dão acesso ao município.

Até mesmo os moradores capinzalenses imaginaram que a cidade estaria sendo “trancada” pelo famoso lockdown, que é uma medida extrema de confinamento adotada em algumas cidades para conter a proliferação do coronavírus.

O Blog entrou em contato com um secretário do município que explicou que a medida, apesar de ser semelhante, não se trata de um lockdown. "Apenas uma entrada está liberada e há uma equipe da Saúde lá e nas ruas da cidade monitorando o movimento. Somente motos e caminhões de mercadorias entram. Ônibus, vans e carros de passeio não", explicou o secretário.

A operação está sendo desenvolvida por agentes da Vigilância Sanitária, com apoio da Polícia Militar e profissionais da Secretaria de Saúde como medida de combate ao Covid-19. A abordagem está sendo planejada para ser realizada de segunda a sábado, das 07h às 11h e das 15h às 18h. Serão verificados o estado de saúde e a temperatura das pessoas, além de serem orientadas sobre as precauções e o distanciamento social.

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Capinzal do Norte publicou, na última segunda-feira (4), um boletim epidemiológico notificando o primeiro caso confirmado de coronavírus na cidade. Santo Antônio dos Lopes, município vizinho, já registrou 6 casos confirmados de coronavírus, sendo que um paciente já está recuperado. Há ainda outros 54 casos em análise.


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA