Compartilhe essa Notícia:

Fabiana do Osmani
Fabiana Macedo, esposa do ex-prefeito de Lago da Pedra, Luiz Osmani, tem sido vítima de fake news e até mesmo de comentários caluniosos afirmando que ela estaria descumprindo o regime de isolamento domiciliar. 

Ela foi diagnosticada com coronavírus, porém, alguns internautas utilizando de má fé espalharam boatos de que Fabiana foi vista nos últimos dias fazendo compras em supermercados, transitando pelas ruas de Lago da Pedra e ainda acusando ela de ter passado o vírus para o esposo, que se encontra atualmente no apartamento de um hospital em São Luís.


Em resposta, Fabiana expressou sua indignação com os comentários e deixou claro que tudo não se passa de mentira, pois não esteve em nenhum supermercado nesses dias e não está saindo de casa. Desde que começou a apresentar os primeiros sintomas, ela sempre zelou pela vida de todos ao seu redor, em especial de sua mãe idosa e do esposo. Leia a declaração feita por ela:  

"Quero esclarecer que essa notícia postada nos grupos afirmando que eu estive ontem (7) no supermercado Camino não é verdade! Indivíduos irresponsáveis e sem Deus no coração que falaram um absurdo desses tem que procurar serem pessoas melhores. Eu estou na minha casa isolada, dentro do meu quarto, daqui não saio nem para ver minha mãe e nem minha filha! Até para eu me alimentar tenho cuidado, pois tudo é deixado na porta do meu quarto, depois é que eu abro a porta de máscara para pegar meu alimento. Sou enfermeira, fiz um juramento que é o de cuidar das pessoas e isso faço todos os dias da minha vida! Eu não seria irresponsável com minha vida e principalmente com a dos outros! Peço a Deus que abençoe essas pessoas maldosas e que elas procurem o amor de Deus e ao próximo!", disse.

Atualmente, tanto Fabiana como o marido estão bem. Ela segue em isolamento domiciliar e já não sente mais os sintomas fortes, enquanto Luiz Osmani apresenta bons sinais vitais no Hospital São Domingos em São Luís. 

O resultado da Covid-19 de Osmani sai nesta sexta-feira (8). Caso dê positivo, ninguém pode afirmar que Fabiana é a culpada de ter transmitido o vírus, uma vez que é impossível provar a trajetória exata do contágio. Qualquer pessoa no município pode ter passado a doença antes, uma vez que todos podem ser vítimas. O fato de uma pessoa ter sido a primeira a ser diagnosticada com coronavírus não significa que ela foi a primeira a adquirir a doença. 

Além disso, a atitude de apontar culpados pela transmissão da doença é arriscada justamente por gerar hostilidade e ódio gratuito contra pessoas. 





Mais informações

- Fabiana esclarece o estado real de saúde de Luís Osmani: https://www.carlinhosfilho.com.br/2020/05/fabiana-esclarece-o-estado-real-de.html
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA