Compartilhe essa Notícia:


O pedreirense identificado até o momento pelo pré-nome de "Gilmar" morreu ontem (1) na cidade de Marabá, localizada no estado do Pará. Segundo depoimentos de amigos em Pedreiras, o falecimento ocorreu em decorrência de infecção causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Ele é possivelmente o primeiro pedreirense a perder a vida pela doença. 

Segundo informações, Gilmar estava internado e passou seus últimos dias respirando com apoio de um balão de oxigênio.

Nascido e criado no município de Pedreiras, a família ainda cogitou trazer o corpo dele para ser velado e enterrado no Povoado Alto de Areia, onde ele morou e tinha o costume de visitar todos os anos. Porém, a decisão não foi possível por conta do protocolo de segurança sobre enterros de pessoas falecidas por Covid-19. Sendo assim, o corpo de Gilmar foi levado rapidamente para o cemitério em Marabá, num caixão lacrado e com uma cerimônia rápida e sem velório. 

Gilmar e sua família são bastante conhecidos no Povoado Alto de Areia, na zona rural do município. Ele era casado, tinha dois filhos e anualmente vinha à Pedreiras para rever seus amigos e familiares.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Q notícia mais besta, e daí?
    Vai procurar material de futuro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O QUE É ISSO, É UM ABSURDO, A PESSOA FAZ UM COMENTÁRIO COMO SE TIVESSE MORRIDO UM CACHORRO.
      QUANTA FALTA DE HUMANIDADE.

      Excluir

Informe da ALEMA