Compartilhe essa Notícia:

Um deles manifestou sintomas semelhante aos da Covid-19 e procurou atendimento no hospital da cidade

Três representantes comerciais provenientes do município de Santa Inês estiveram recentemente em Poção de Pedras. Eles teriam chegado na última quarta-feira (29) e passaram o dia entregando produtos para vários clientes na cidade. 

Muitas pessoas entraram em contato com os vendedores e eles chegaram inclusive a dormir na casa de uma pessoa. Porém, ontem (30) um deles procurou o hospital alegando sentir mal estar pelo corpo. Na unidade de saúde, os funcionários notaram que ele estava com sintomas parecidos com os da Covid-19. A situação do vendedor alarmou a todos e um médico o orientou a realizar o teste que segue em análise. 

É sabido por todos que Santa Inês possui casos confirmados de coronavírus, o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde notificou o total de 12 casos naquela cidade, o que mostra que Santa Inês apresenta uma incidência semelhante à Trizidela do Vale, que tem 11 casos confirmados e Pedreiras, com 10 casos confirmados. 

Depois que a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) tomou conhecimento da situação, a equipe investigou a trajetória do suspeito pela cidade, a fim de saber com quais pessoas ele teve contato. Os agentes orientaram todos aqueles que receberam os produtos das mãos dos vendedores à ficarem de quarentena. As pessoas que estiveram próximas a eles agora estão enquadradas como suspeitas. 

Isso foi o suficiente para alarmar a pequena cidade interiorana. Assustados, muitos moradores chegaram ao extremo de destruir as embalagens, sacolas, perfumes e demais produtos de cosméticos da Natura que eles entregavam, com muito medo das contaminações

Apenas um dos três representantes comerciais manifestaram sintomas parecidos com o novo coronavírus, porém, preocupado com a pandemia, o prefeito Júnior Cascaria não pensou duas vezes para determinar que os três fossem escoltado pelos membros da Equipe de Segurança Epidemiológica para fora das fronteiras do município.

A medida enérgica visa reduzir o risco de contágio em Poção de Pedras, que não conta com casos confirmados. Além disso, o gestor está garantindo um combate efetivo ao coronavírus, através de carros de som alertando à população nas ruas sob os cuidados necessários. 

Para divulgar mais detalhes sobre a forma como Poção de Pedras vem lidando com a proliferação de covid-19, o prefeito Cascaria fará um pronunciamento hoje, às 19h, através de uma live ao Blog das Lobas. 
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. burrice desse prefeito, o que tem que faser era isolar essa pessoa, e agora ele vai pra onde?
    prefeito nao é dono da cidade apenas administra, e nao vivemos numa ditadura que pode tomar essas decisoes extremas....cidade do interior tem esse tipo de politico, uma lastima.

    ResponderExcluir
  2. O gestor tem medo mesmo porq a cidade não tem estrutura para isso, todos as cidades vizinhas estão preparados menos poção de pedras que o gestor quer mais que a população se foda, essas lives dele é só pra enganar os bestas. ANO DE POLÍTICA FICA A DICA

    ResponderExcluir
  3. Povo burro. Quebra produtos vai evitar contágio? Claro que não.

    ResponderExcluir
  4. Essas informações foi confirmada pelo porta voz do governo municipal, jamilsom Souza Lima, vulgo Mano, se for ele terás veracidade no quê diz Carlinhos filhos meu amigo.

    ResponderExcluir
  5. Essa boa destruir os produtos era só lava com álcool e água e sabão

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA