Compartilhe essa Notícia:

Imagem ilustrativa

Nos últimos dias, o Blog do Carlinhos vem recebendo inúmeras reclamações de leitores de Lago do Junco, que denunciam os péssimos serviços prestados pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) naquele município. De acordo com os relatos, a cidade vem sendo castigada com a falta d'água há pelo menos 15 dias

Os moradores reclamam que as contas de água nunca atrasam, mas o fornecimento fica sempre suspenso. O Prefeito de Lago do Junco, Osmar Fonseca, já foi informado da situação e, inclusive, entrou em contato com a empresa, porém, os moradores continuam sofrendo com a demora da Companhia em corrigir o problema. 

Várias ruas estão há quase um mês sem água, entre elas, Rua 27 de Dezembro, Rua Teixeira Leda, Rua Joaquim Piauí, Rua São Pedro, Rua do Açude, Rua Humberto de Campos e Rua Nova. Os moradores padecem com o transtorno e alguns são obrigados a recorrerem a poços da zona rural.

Esse problema se torna ainda mais grave no atual período de pandemia, uma vez que a água é um recurso essencial para a higienização. Dessa forma, a população juncoense está constantemente exposta à proliferação do coronavírus, uma vez que não tem oportunidades de lavar as mãos com regularidade. 
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

  1. Esses aí sofre também por outras coisas não tem médico em plena pandemia. Nao faz em teste de covid por as pessoas têm que ir pras cidades vizinhas e os boletins da covid nunca e realidade tudo maquiado pra na mídia terem como cidade do Japão onde a covid e controlada . Nao boto culpa somente no prefeito pois na saúde o mesmo e muito mal assessorado.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA