Compartilhe essa Notícia:


 
Vereadores Sérgio, Enock e Goião
Vereador acusa presidente da Casa de levar questões pessoais para o plenário 

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Olho D’água das Cunhãs, realizada na última terça feira (2), foi a mais longa dos últimos 10 anos naquela Casa Legislativa. A reunião começou por volta das 19h40 e encerrou às 00:00 (começo da madrugada do dia seguinte). Na pauta, entre vários requerimentos dos próprios vereadores, foram apreciados Projetos de Lei do Executivo.

O mais polêmicos e discutido em plenário, foi o Projeto de Lei apresentado pela prefeita Viliane Costa, que objetiva conceder Auxílio Emergencial (cestas de alimentos), para famílias carentes de  Olho D’água das Cunhãs, neste período de pandemia.  

No entanto, surpreendeu que o atual Presidente da Casa, o vereador Enock Corrêa, tentou impedir a votação do Projeto que beneficiará famílias carentes do município. Hoje, fazendo parte da oposição, o Presidente queria retardar o projeto com “Pedido de Vista.

O ato foi denunciado em plenário pelo vereador Joel do Mutirão, Líder do Governo na Câmara. Este disse que o presidente da Casa estava disposto a prejudicar a população humilde por conta de disputa política com o Governo Municipal.

“O seu problema é particular com a prefeita e estamos aqui é defendendo algo que beneficiará a nossa população, vamos deixar de mão o lado político neste momento para pensar no povo”, pediu Joel do Mutirão.

Houve bate-boca entre os dois e o presidente usou suas prerrogativas para encerrar as palavras de Joel do Mutirão.

Dos onze vereadores que compõem a Câmara, Enock Corrêa tinha apenas um que lhe acompanhava. Em sua defesa, alegava que o benefício deveria ser repassado em dinheiro e não em cestas de alimentos e fazia críticas à gestão da prefeita. “Se for em dinheiro vai demorar meses para aberturas de contas, confecção de cartões, autorizações, é muita burocracia; mas as cestas serão uma ação mais rápida e concreta para serem entregues o mais breve possível para essas famílias em dificuldades”, pontuou o vereador da base.  


No entanto, a maioria dos vereadores, dos 9 presentes, 7 fizeram pressão e conseguiram que o Projeto do Executivo fosse colocado em votação e foi aprovada por unanimidade.

A população mais humilde de Olho D’água das Cunhãs, que estava atenta ao que acontecia na Câmara, ficou surpresa e indignada com a postura do Vereador Enock. Em toda a cidade ninguém concordou com sua postura de politizar uma iniciativa de assistência social direta para beneficiar milhares de pessoas neste momento de grave crise financeira.

Mais sobre o presidente da Câmara

O vereador Enock Corrêa de Paula passou os dois mandatos na base do governo, sendo aliado do prefeito Rodrigo Oliveira, afastado quatro vezes pela Justiça por cometer improbidades administrativas. Durante mais de 7 anos na Câmara, o atual presidente em não  fiscalizou o Executivo (Rodrigo Oliveira). Em plena crise de pandemia do coronavírus que afeta mais de 200 pessoas naquela cidade, Enock se volta contra a prefeita. Hoje ele se revelou um oposicionista capaz de impedir as ações de governo da prefeita Viliane Costa em favor do povo de Olho D’água das Cunhãs.
 
Sessão longa, polêmica e tumultuada na Câmara de Olho D`água das Cunhãs

Vereador Ivo

Mais

O Projeto do Executivo também aprovado por unanimidade refere-se ao rateio dos 60% do FUNDEF que será destinados aos professores.

Outro projeto prejudicado pelo presidente da Câmara tratava-se da contratação de funcionários. O presidente ‘rasgou’ o Regimento Interno da Casa ao engavetar o Projeto para impedir que a Gestão da Prefeita Viliane Costa não avançasse no combate ao coronavírus, através de contratação de profissionais de saúde para atender os munícipes.

São as histórias da nova oposição em Olho D’água das Cunhãs. Aguarde as próximas sessões da Câmara.

 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. O vereador e um desserviço pra comunidade, fala de vergonha sendo que ele mesmo desconhece o que é ter vergonha.

    ResponderExcluir
  2. Esse homem é um empecilho pra população olhodaguense. Não ajuda em nada, muito pelo contrário, só atrapalha.

    ResponderExcluir
  3. Presidente fraco, aqui em olho dagua teu mandado se acabou, reeleição nunca mais.

    ResponderExcluir
  4. Engraçado que na gestão do prefeito dele, o mesmo nunca se importou em fiscalizar. E foi o maior roubo da história da cidade. E agora tá tão empenhado. Com certeza é abstinência de dinheiro público.

    ResponderExcluir
  5. O vereador presidente foi "afastado quatro vezes pela Justiça por cometer improbidades administrativas. Durante mais de 7 anos na Câmara". Pra ser presidente foi eleito e reeleito. Se vale a máxima de que "cada povo tem o governo que merece", fica a pergunta: porque foi reeleito?

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA