Compartilhe essa Notícia:

Adnilson e Cascaria - Arquivo 

Em uma nota divulgada nesta terça-feira, dia 28, o vice-prefeito de Poção de Pedras, Adenilson Lopes, comunicou que não pretende disputar nenhum cargo nas eleições municipais de 2020.

Com dois mandatos de vice-prefeito consecutivos, eleito e reeleito nas chapas encabeçadas por Cascaria (2012 e 2016), por enquanto, Adenilson Lopes se encontra no grupo de oposição, capitaneado pelo vereador Jhulio Sousa, pré-candidato a prefeito.

O vice de Jhulio é o vereador Valney, então restou para Adenilson buscar novamente um mandato de vereador da Câmara Municipal de Poção de Pedras nas eleições de novembro próximo. Como uma grande liderança do povoado Fortaleza Beira Rio, ele já exerceu o cargo de vereador em legislatura passada (?).

Na nota, Adenilson não explicou o real motivo da desistência, apenas disse que é... “Talvez a decisão mais difícil da minha vida que é de não participar como candidato nas urnas  das próximas eleição de 2020. Tenho a mais absoluta certeza, de que, não será fácil. Porém, é a decisão mais sensata para este momento”, escreveu. Leia a nota completa no final desta postagem.

A vereadora Ângela, decana da Câmera, em conversa com Rogério do Borges (Blog das Lobas) nesta manhã fez comentários curiosos sobre a nota do amigo Adenilson. Ela revelou que em conversa com Adenilson percebia que ele não estava satisfeito no grupo de oposição e, até mesmo, que ele não estava bem acomodado no grupo de Jhulio e Valney. Ângela disse-se surpresa com a desistência de concorrer nestas eleições, por vê-lo com grande chance de ser eleito vereador e que acredita que Adenilson esteja retornando para o grupo de Cascaria. A vereadora também criticou a postura da oposição em relação a Adenilson, poucas horas depois que espalhou o boato que ele estaria voltando para o grupo de Cascaria. Veja no vídeo no final da matéria.

“Não tem o que se falar de mal de Adenilson. Ele é um grande servidor lá na região dele e muito difícil concorrer contra ele na região da Fortaleza”, disse Ângela.

Saindo do grupo de oposição, de fato, Adenilson fica sem partido para concorrer a qualquer cargo político, já que ele está filiado a partido ligado ao grupo de Jhulio. A decisão de deixar a oposição decreta o alijamento de sua candidatura a vereador.

Ailton Ponte, o conhecido comunicador da oposição, em post nas redes sociais, tem criticado a saída de Adenilson do grupo de Jhulio e levantando a questão que o mesmo recebeu algo bem volumoso para novamente se aliar ao prefeito e apoiar Francisco Pinheiro.

O retorno

Ainda segundo informações, o vice e o prefeito conversaram muito nas últimas horas; reuniões entre eles aconteceram até mesmo no povoado Fortaleza Beira Rio e, a qualquer momento, eles estarão divulgando fotos com a confirmação do retorno da pareceria política entre eles.

Mais uma perda para oposição

Este seria mais um terrível golpe para a pré-candidatura de Jhulio, que já perdeu os vereadores bate e volta: Matheus Croá, Professor Roberto, Joaquim Filho e Adailza; também perdeu o apoio dos ex-vereadores Lael Bezerra e Nilton Croá. E a maior tragédia de todas, o falecimento inesperado em decorrência de Covid-19 do maior líder da oposição, Dr. Gildásio, que o apoiava nestas eleições e vai fazer falta nos palanques e caminhadas.

Pesquisa 

Por outro lado, a oposição se apega no resultado de pesquisa eleitoral da MBO, um instituto de Bacabal, que indicou estonteante vantagem de Jhulio para o candidato de Cascaria, Francisco Pinheiro. No entanto, sérias dúvidas pairam sobre a pesquisa em decorrência da estrondosa vantagem de Jhulio (56%), para Francisco Pinheiro (30%). Exageraram? 

Nada está perdido...

As coisas não andam nada bem para a oposição (Jhulio, Valney, CIA...), porém, nada está perdido. Eleições municipais são marcadas por surpresas, em especial, nos pleitos de Poção de Pedras: 

-Quando um desconhecido barbudo pedreirense tomou a prefeitura do maior líder político da história daquele município, nos idos da década de 1990. Ali foi ou não foi um resultado inesperado?! 

- Poderia falar também de um tal Chefe da Limpeza, Borges, que tomou a eleição do então poderoso ex-prefeito Lídio em 88...

- E de Dr. Luís que sagrou-se vitorioso pra cima do até então seguro da vitória ex-prefeito Rafael em 82...

- E de Cascaria, que veio do Pará, sem lenço e sem documentos, para  vencer o grupão e o prefeito com a máquina na mão em 12... 

Mas deixa pra lá essas eletrizantes lembranças... Poção de Pedras, oh terra de surpresa nas urnas. 

_____________________

Mais 

Entrevista com vereadora Ângela 



Nota de Esclarecimento de Adenilson Lopes 

      Como homem público  e por ter em mãos uma procuração, para representar o povo do meu município, Poção de Pedras, até 31 de dezembro de 2020. Venho por meio desta nota, comunicar a todos meus correligionários, amigos e amigas, talvez a decisão mais difícil da minha vida que é de não participar como candidato nas urnas  das próximas eleição de 2020. Tenho a mais absoluta certeza, de que, não será fácil. Porém, é a decisão mais sensata para este momento. Creio, acredito que continuaremos unidos por um elo muito maior, a nossa amizade construída durante tantos anos de trabalho e convivência com todos vocês. Não devo dizer, até logo, mais sim, até breve, continuaremos na estrada da vida, um forte abraço para todos. Adenilson Lopes

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. Meu nobre,sabe quem vai sair ferrado de tudo isso que está acontecendo??Júlio,pobre do Júlio.Votei nele na passada,votaria de novo se fosse candidato a vereador.Os caras colocaram ele numa fornalha,colocaram fogo e gasolina por cima.Fico pensando aqui é da inocência dele

    ResponderExcluir
  2. Os homens públicos de poção de pedras estão em extinção. Em pensar que no passado não tão distante uma palavra dada de alguns homens valiam mais que dinheiro. Não era necessário assinar papel. Realmente os tempos mudaram e a nova era tem deixado a desejar. As cifras foram enormes, disso temos certeza, agora o que leva um homem público com uma história política acachapante, se vender de forma trágica deixando de lado a sua marca?, os políticos de poção de pedras perderam a coerência e a dignidade. Estão se deixando levar por valores e cifras e o povo morrendo a mingua. A saúde da cidade já sabemos como se encontra, tá claro, estar na uti a saúde de poção de pedras comandanda por um laranja. Eita situação essa que o povo de poção estar. Que DEUS tenha misericórdia.

    ResponderExcluir
  3. 500 mil não é fácil de conquistar trabalhando,mas se vendendo p cascaria não foi difícil!!! Caráter não é p QQ pessoa,toda essa farra com dinheiro público q poderia tá sendo aplicado em saúde e educação. Povo só tem o governo q merece !!! Mais 4 anos p terminar de afundar a cidade, dá-lhe Cascaria num é ele q o imbecis querem?! pois tome !!! Tome mesmo lá onde as patas tomam !!!!

    ResponderExcluir
  4. FOI SI O TEMPO DO HOMENS DE VERDADE, HOMENS SERIO DE PALAVRA, ESSE CARA VOLTA PARA O GRUPO DO CASCARIA COM O RABO ENTRE AS PERNAS, O QUE DINHEIRO NÃO FIZER COMPRA ATE A DIGNIDADE DO NOSSO VICE-PREFEITO

    ResponderExcluir
  5. Thau oposição perdida

    ResponderExcluir
  6. Amigo não é só em poção k acontece isso não, é todo lugar, não existe Homem público k esteja lá preucupado com o bem está da população não,eles tão lá é querendo se dá bem, até o dia da eleição vai passar muitos ainda pro lado do cascaria,afinal ele tá na máquina,quem tem o dinheiro é ele,pra comprar quem ele quiser

    ResponderExcluir
  7. Perderam a moral e o povo q se lasque

    ResponderExcluir
  8. Vamos contar.
    1 Elizaebento 100 mil,

    2 Joaquim filho 300 mil

    3 Roberto 300 mil

    4 Adonias 50 mil

    5 Dailza 500 mil

    6 Adenilson 500 mil

    Esses são os que se comentam, e os que ninguém sabe? Fica a pergunta pq que ele Cascaria, tá gastando tanto pra eleger seu sucessor? Vcs acham que é pra fazer alguma coisa por nós? Não se iludam , nenhum desses aí estão preocupados com a população.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA