Compartilhe essa Notícia:


Há alguns dias, um blog da nossa região publicou matéria com insinuações desfavoráveis ao médico e pré-candidato a Prefeito de Trizidela do Vale, Dr. Deibson Balé (PDT). A postagem destacou a entrevista que ele fez na última quarta-feira (15), no programa Tribuna 101, da Rádio Cidade FM de Pedreiras. Em determinado momento da conversa, o entrevistador Klebinho Branco questionou sobre a renúncia do cargo de vice-prefeito em 2019.

O blog da região (veja aqui) utilizou esse trecho da entrevista para fomentar a ideia que pré-candidato teria renunciado ao cargo de vice-prefeito de Trizidela do Vale para para ganhar mais dinheiro como médico. Essa colocação descabida foi categoricamente rebatida por Deibson Balé. 

"Eu, Deibson Balé, passei 6 anos estudando para exercer a profissão de médico. A política na vida da maioria surge como consequência do trabalho que cada um faz, no meu caso, isso se deveu ao legado do meu pai e à minha formação, que me treinou a cuidar das pessoas e fazer eu me doar ao máximo pelo próximo.

A lei permite que um vice-prefeito trabalhe como médico, mas apenas se for na iniciativa privada, porém, eu sempre trabalhei em cargos públicos. Quando o Tribunal de Contas me deu 15 dias para que me manifestasse e definisse minha decisão, eu senti que não pude abandonar meus 9 anos de serviço para simplesmente, em questão de algumas semanas, montasse uma clínica, um consultório e trabalhasse em algo particular, não havia tempo para isso. Eu praticamente fui obrigado pela justiça a renunciar o cargo de vice para conseguir exercer minha profissão de médico.

Como vice-prefeito eu era coadjuvante, não determinava o que realmente acontecia no município, não tinha esse poder. Sendo assim, depois de refletir muito com meu grupo, me senti mais útil à população como médico do que como vice-prefeito.

Estamos vivendo numa pandemia e vi a necessidade de dar minha contribuição. O Fred ficou na sede junto aos médicos do município e eu fui para a zona rural, onde só tivemos 1 óbito, ou seja, quando renunciei meus trabalhos com a população continuaram. Participo das ações médicas em todos os setores que possuem carência, essa é a minha função e sempre quis doar o que aprendi. 


No caso de eu ocupar o cargo de Prefeito, estarei abdicando da minha função de médico, pois terei muitas possibilidades de continuar apoiando a população de várias formas. Eu, de maneira nenhuma pensei em salário, e sim em cuidar do povo. E respondendo a esses que usam o termo "traição" para definir minha renúncia ao cargo de vice, saibam que hoje lidero todas as pesquisas e isso mostra que o povo me entendeu. Minha pré-candidatura continua e com a mesma credibilidade entre a população."

Dr. Deibson Balé é pré-candidato a prefeito no grupo do atual prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia. O colega médico, Dr. Gustavo Brandão será o candidato a vice da chapa. Em 2019, os dois lideraram todas as pesquisas de opinião e agora estão unido no mesmo projeto político administrativo. 

Mais informações

Dr. Deibson Balé fala sobre sua pré-candidatura em entrevista concedida à Rádio FM Cidade de Pedreiras: https://carlinhosdoblog0.blogspot.com/2020/07/dr-deibson-bale-fala-sobre-sua-pre.html
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

7 Comentários

  1. Ele até pode não renunciar, mas o povo vai "renunciar" dele. Já chega dessa Balezada na Prefeitura da Trizidela do Vale, essa cidade merece crescer.

    ResponderExcluir
  2. Acreditamos muito em Vinicio, um cara com experiência de vice prefeito, dois mandatos de deputado estadual, e trizidela só está toda arrumada por causa dele, se não fosse estava igual a pedreiras.

    ResponderExcluir
  3. Oxi mais tá com 8 anos que eles não estão na prefeitura

    ResponderExcluir
  4. Ninguém tem o direito de reclamar de políticos.nada mais ruim do que os eleitores. Pode botar um santo aí em Trizidela povo vota em balé e louro ....... então escolha por mim tudo gente boa

    ResponderExcluir
  5. Esse Vinicius louro aí é muito fraco aqui em Lagoa grande prometeu, muito e não fez nada trizidela esse deputado aí é um 171 sem vergonha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que quer isso meu só essa estrada de lago da Pedra para Lagoa Grade que ele conseguiu estas chorando de barriga cheia, lembra como era no inverno ai em Lagoa Grande, não seja ingrato.

      Excluir
  6. O grupo vai levar duas taca pesada pra parar de ser traira

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA