Compartilhe essa Notícia:


Com boa articulação política e candidatura com enorme potencial de crescimento, o pré-candidato Rubens Júnior (PCdoB) tem incomodado os adversários.

A mais recente especulação infundada espalhada foi a da desistência da sua candidatura. Informação baseada apenas no desejo dos adversários de não tê-lo na disputa.

Sobre isso, o pré-candidato se pronunciou no Twitter “o que a cidade precisa é menos fake news e mais debate sobre o seu futuro”.

Ele também relembrou que agiram do mesmo modo com Flávio Dino na disputa ao governo do Estado. “Fizeram tudo isso contra Flávio Dino: inventaram mentiras, distorceram pesquisas, mas nada surtiu efeito. A aliança é com o povo minha gente. Aprendam. Nos próximos 100 dias para as eleições vamos debater 100 propostas que temos para São Luís”, rebateu Rubens.

Como disse em recente publicação pelas redes sociais, o deputado federal e coordenador da campanha de Rubens na disputa à Prefeitura de São Luís, Márcio Jerry (PCdoB), a candidatura de Rubens Júnior “é pra valer, é pra vencer!”.

“Rubens é o candidato pra valer e pra vencer, para fazer muito mais por nossa querida Ilha do Amor, nossa Ilha Rebelde. Nosso partido tem relevância, uma militância engajada, uma grande bancada de vereadores, e com os movimentos sociais, profissionais da saúde, intelectuais e profissionais liberais, construiremos o programa de governo para disputarmos as eleições com qualidade, com força e muito diálogo, para pavimentar o caminho que levará Rubens Júnior ao Palácio de La Ravardière”, destaca Jerry.

A verdade é que o representante do PCdoB, como tudo indica, receberá o aval do PT neste final de semana, e vai reunir em seu palanque PCdoB, PT, PP, Cidadania, Democracia Cristã e PMB, se constituindo na maior aliança na corrida ao Palácio de La Raverdiére. E isto claramente incomoda os adversários.


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. O cara chama os fatos de fake news, tipico de politico de esquerda.

    ResponderExcluir
  2. Eu não preciso saber do passado, presente e futuro do candidato, somente a sua filiação partidária será determinante para eu votar. As ocorrências na Venezuela e consequente silêncio dos "democratas" esquerdista aqui no Brasil me dão arrepio de medo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Mas não é só aqui no Brasil que comunistas/esquerdistas/progressistas são das Trevas. Recentemente o Governo chinês, também comunista, ordenou os cristãos retirarem as imagens cristãs de dentro de casa.

      Aqui são lobos em pele de ovelha, na primeira oportunidade esses comunistas esquerdistas mostram sua garras e dentes.

      Deus me livre de votar em comunista de novo.

      Excluir
  3. A essa altura do campeonato um candidato com 1% como R Jr.tem hoje, e Eduardo Braide com 40% de intenção, era pra ele cair na real e desistir mesmo.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA