Compartilhe essa Notícia:


Em um vídeo publicado recentemente, o gestor se mostrou sensibilizado pela situação dos músicos e demais artistas, que formam um das classes que mais enfrenta dificuldades nesse período de pandemia.
FAMEM - Federação dos Municípios do Estado do Maranhão


Sensível à todas dificuldades financeiras enfrentadas pelos artistas e bandas locais em Trizidela do Vale, que estão com suas atividades paradas há pelo menos cinco meses, o prefeito Fred Maia, gravou um vídeo neste domingo (Dia dos Pais) em que ele diz que estará já nesta segunda-feira (10) assinando um Decreto liberando o trabalho dos artistas locais.

De acordo com Fred Maia, alguns pais de família que vivem de suas apresentações culturais passam por momentos de muito sufoco, sendo uma das classes mais afetadas com a pandemia do novo coronavírus.

"Hoje Dia dos Pais eu quero informar que estou dando esse presente a esses pais, à todos os nossos artistas locais e quero dizer que a partir de amanhã dia 10 agosto estarei fazendo um Decreto liberando o trabalho dos nossos artistas locais, as nossas bandas. Os nossos artistas tem que voltar a trabalhar e ganhar o pão de cada dia para sustentar suas famílias", disse o prefeito.

De acordo com Fred Maia, o Decreto liberando as atividades será assinado, mas com algumas regras de segurança que serão colocadas na decisão. Ele disse ainda, que a decisão se deve ao fato de Trizidela do Vale ter um controle sobre a situação do coronavírus.

Veja o vídeo:



Fonte: Coutinho Neto
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. O governo federal publicou no Diário oficial a lei que autoriza o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para artistas informais. Os aprovados para receber o benefícios vão receber três parcelas neste valor.
    A prefeitura já fez algum cadastro dos artistas para receber esse auxílio?

    ResponderExcluir
  2. E as escolas quando vão começar será q só nas escolas q esse vírus é transmitido pelo menos os alunos maiores já eram pra tá na sala de aula

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA