Compartilhe essa Notícia:


O governador do Maranhão, Flávio Dino, usou as redes sociais nesta segunda-feira (19) para criticar que “não é hora de promover uma ‘guerra das vacinas’ contra o coronavírus”, entre o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP). Dino disse que é urgente que haja “responsabilidade, diálogo e coordenação nacional”.

“Este desacerto da coordenação nacional está se verificando novamente no tema das vacinas, é um alerta que faço questão de lealdade para evitar crises desnecessárias entre paternidades. A sociedade precisa e quer ter a vacina; venha de onde vier. Pouco importando a cor do gato, interessa é que ele mate o rato. Ou seja, não é hora de disputar politicamente este tema e faço questão, portanto, de sublinhar que nós temos um déficit monumental do que se refere à chamada Coordenação Nacional que é inerente à forma federativa. Isso tem resultado, como bem lembrou o ministro Paulo Guedes, inclusive em várias contendas intrafederativas no próprio Supremo Tribunal Federal. Exatamente por esta ausência de diálogo mais claro, organizado, por parte da relação entre União, estados e municípios”, garantiu o governador do Maranhão.

Na última semana, Doria disse que a vacinação contra a Covid-19 será obrigatória em todo o estado se for aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). No mesmo dia, Bolsonaro disse nas redes sociais que o Ministério da Saúde é quem irá oferecer o imunizante, mas “sem impor ou tornar a vacinação obrigatória”.

Hoje, além de reafirmar sua posição dizendo que “Doria se intitula médico do Brasil”, Bolsonaro ainda afirmou que a vacina CoronaVac precisa ter comprovação científica e criticou a China, novamente sem fazer uma menção direta.

“O país que está oferecendo essa vacina tem que primeiro vacinar em massa os seus, depois oferecer para outros países. Assim muita coisa é. Até na área militar, você só consegue vender um produto bélico para outro país depois que você usar no seu território e aquilo mostrar sua eficácia”, disse o presidente.


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. Governador você realmente é um grande homem, homem humilde e de caráter.
    Ao contrário desse verme imundo desse bolsonaro
    Com b minúsculo mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Muito bem meu presidente parabéns, se há vacina chinesa e mesmo eficaz pois primeiro vacine os chineses aí depois. Pode vender pode vender pra outros países. Vão usar outros como cobaia, vão vacinar o capeta sior com essa vacina . Tem outras muitas vacinas como Oxford, há sputinik russa. . Agora essa chinesa aqui não papai

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA