Compartilhe essa Notícia:

 


 A estreia na Bolsa acontecerá pouco mais de 1 semana após a queda de prateleiras em um dos supermercados que matou 1 funcionária e deixou outros feridos

O Grupo Mateus vai estrear, terça-feira (13), na Bolsa valendo R$ 20 bilhões, ou seja R$ 1,5 bilhão a mais que o Pão de Açúcar (R$ 18,5 bilhões) e quase duas vezes mais que o Carrefour Brasil (R$ 11 bilhões).  É o que informa o blog Capital do jornal O Globo, do jornalista Rennan Setti.

Segundo Setti, a rede supermercadista do Maranhão movimentou, nesta quinta-feira (08), pelo menos R$ 4 bilhões na sua oferta pública inicial, o chamado IPO, do Inglês, e esta foi uma das maiores aberturas de capital na Bolsa brasileira.

De acordo com o blog, Guilherme Benchimol, da XP, passou a quarta-feira (08), no Maranhão participando da finalização do IPO e acertou a venda de suas ações por R$ 8,97, no piso do intervalo indicativo que ia até R$ 11,66.

Os bancos que coordenaram a oferta convenceram o fundador Ilson Mateus a vender 70% do lote adicional de ações, levantando mais R$ 500 milhões e abrindo espaço para os fundos.

Apesar do sucesso dessa operação inicial, Ilson Mateus, em vez de comemorar, embarcou em seu jatinho na noite desta quinta-feira para preparar a inauguração de uma nova loja em Marabá (PA), nesta sexta-feira (09).

O blog Capital recorda que ano ano passado, o Grupo Mateus faturou R$ 9,9 bilhões e teve lucro líquido de R$ 338 milhões. A operação tem três pilares: atacado, varejo e comércio eletrônico.


No primeiro, tem mais de 1,8 mil representantes autônomos que atendem 770 cidades em Maranhão, Pará, Piauí, Tocantins, Bahia e Ceará, distribuindo com exclusividade na região marcas de grupos como P&G e Heinz.

No varejo, o grupo tem 137 lojas físicas, sendo 29 atacarejos, 24 supermercados, 2 hipermercados, 66 lojas de eletroeletrônicos, 16 lojas de vizinhança e nove centros de distribuição.


A operação se dá sob as bandeiras Mix Atacarejo, Supermercado Mateus, Eletro Mateus e Camiño Supermercados.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. O que morreu ñ ganhou nada

    ResponderExcluir
  2. Deixa de ser revoltado se imundo lixo humano, respeita a dor de quem perdeu um ente querido... e respeite o grupo Mateus... acidentes são acidentes mas é empresa tem responsabilidade.

    ResponderExcluir
  3. Quem morre não precisa de dinheiro não,só do caixão

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA