Compartilhe essa Notícia:


A coligação 'Para Cuidar de Trizidela do Vale' liderada pelo deputado e candidato a prefeito Vinícius Louro (PL) organizou um debate entre ele e seu adversário, Deibson Balé (PDT), na TV Rio Flores, pertencente ao pai do próprio deputado, Raimundo Louro. 

O convite foi recusado pelo candidato do PDT e sua coligação entrou na Justiça para que o debate não ocorresse. O assunto gerou polêmica na política trizidelense, fazendo com que algumas pessoas até questionassem o motivo de não haver o encontro entre os candidatos a prefeito do município.

Ontem (5), logo após palestra na Rua do Campo, o Blog conversou com Deibson Balé sobre o assunto. O candidato a prefeito apresentou justificativas pertinentes para não participar do debate. Leia:

"Eu não me recusei em momento algum a participar de debate. Quando o meu jurídico me informou que estavam nos convidando para participar disso, eu logo perguntei se era possível ir, qual a relevância e veracidade disso tudo e se realmente era algo dentro das normalidades. Após entrar em contato com a emissora, fomos informados de que não se tratava de um debate "legal", já que existia alguns problemas e restrições por conta daquele canal que, acredito eu, não está apto para realizar esse tipo de encontro. 

Porém, em momento algum me omiti a falar e conversar, até porque estou todos os dias nas ruas, conversando com todos os seguimentos de Trizidela do Vale e em momento algum vou deixar de falar com o povo. Agora, política de baixaria, infelizmente é o que estão querendo implantar na nossa cidade. 

Acontece que o meu grupo da paz, da tranquilidade e do respeito às famílias trizidelenses, não vai entrar nesse jogo sujo de política baixa, onde só atuam para denegrir a imagem dos candidatos e de nossas famílias. Tanto eu quanto o Dr. Gustavo estamos sendo vítimas de diversos ataques em redes sociais, só que vamos manter nossa campanha de forma limpa, justa e honesta, de forma a comunicar apenas nossas propostas e plano de governo"

Como dito, não houve exatamente uma recusa ou "fuga" de cumprir o desafio, mas sim, preocupação quanto a legalidade do encontro que, por sinal, ocorreria na emissora do pai de seu adversário. Apesar dos ataques que vem sofrendo, Deibson continua se dedicando integralmente a manter sua campanha longe de polêmicas, e estabelecendo contato com o povo de forma limpa. 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. Só quer ser o Bolsonaro kkkkk fugindo de debates

    ResponderExcluir
  2. A TV está apta a divulgar o horário eleitoral gratuito. Pq vejo a propaganda dos dois candidatos lá. Agora ele foge do debate, esse medroso. Desculpa esfarrapada.

    ResponderExcluir
  3. Fugindo porque não sabe se que pedi voto imagino se for na TV esse Dr.zim meia tigela o pai dele nunca fez nada fizeram muito foi roubar

    ResponderExcluir
  4. Quando o cara tem argumentos pra apresentar,ele não tem medo de debate não

    ResponderExcluir
  5. Ele não vai pra o debate por falta de propostas, e filho de ladrões não têm argumentos.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA