Compartilhe essa Notícia:

A informação consta na Pesquisa Nacional de Saúde – PNS 2019, divulgada ontem (18) pelo IBGE


Em 2019, no Maranhão, consumir bebida alcoólica e conduzir veículo, carro ou motocicleta, foi comum para 27,4% das pessoas com 18 anos ou mais de idade que dirigiram logo depois de beber no período de referência dos últimos doze meses. Essa proporção foi maior entre os homens (30,8%) do que entre as mulheres (15,6%). O grupo etário 25 até 39 anos teve a maior proporção percentual (31,1%). As pessoas com nível superior completo apresentaram, por nível de instrução, a maior proporção (37,6%).

A pesquisa estimou a proporção de indivíduos que conduziram veículo motorizado, carro ou motocicleta, após o consumo de bebida alcoólica, independentemente da quantidade de bebida consumida. Este percentual, para o Brasil, foi de 17,0% variando de 14,8% nas Regiões Sul e Sudeste a 23,4% na Região Norte. Na área rural, a proporção (22,5%) era maior que na área urbana (16,2%).


O consumo abusivo de álcool (ingestão de cinco ou mais doses, em uma única ocasião, nos últimos 30 dias) também foi levantado na PNS 2019. No Brasil, os resultados indicam uma prevalência de consumo abusivo de álcool, de 17,1%, sendo 26,0% para os homens e 9,2% para as mulheres. A proporção foi maior entre as pessoas de 25 a 39 anos de idade (23,7%) e de 18 a 24 anos de idade (22,9%).

Os números do consumo abusivo de álcool, no Maranhão, foram de 16%, sendo 25,5% para os homens e 7,4% para as mulheres. A proporção foi maior, como no Brasil, entre as pessoas de 25 a 39 anos de idade (22,1%).

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA