Compartilhe essa Notícia:


Uma mulher, identificada como Fernanda, foi esfaqueada na tarde do último sábado, por volta das 17h, nas proximidades do Residencial Ecoville, em Lago da Pedra. O principal suspeito da tentativa de feminicídio é o seu ex-companheiro, Roberto Rodrigues.

De acordo com as informações, o suspeito abordou a vítima e a obrigou a entrar dentro de um veículo sob a ameaça de que se ela não obedecesse, ele iria matar a filha da mulher. Na estrada que vai para a cidade de Paulo Ramos, o agressor deu cerca de dez facadas na vítima.

Os golpes atingiram a região do tórax, pescoço, costas, braços e rosto. Ela foi encontrada na estrada por populares, que imediatamente acionaram a ambulância. Ela recebeu os primeiros socorros em Lago da Pedra e foi encaminhada para o hospital regional Laura Vasconcelos, em Bacabal, onde foi operada e, segundo informações, está estável, inclusive já consegue conversar.

O ex-companheiro, que mora na Encruzilhada da Luzinete, encontra-se foragido. Segundo relatos, ele não aceitava o fim do relacionamento. A polícia está realizando diligências para encontrá-lo.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

18 Comentários

  1. A cidade de Lago da pedra e uma das cidades mais violenta da região e isso contribui por falta do efetivo das Polícia Civil e Militar ou seja falta Polícia Militar para fazer a ronda ostensiva na cidade falta Polícia Civil para investigar os crimes que ocorre na cidade

    ResponderExcluir
  2. Esses caras sao uns loucos o bando de corno violentos, meu deus esse e um louco tem q ter prisao perpetua pra esses tipos de canalhas, sem direito ha fianca. passar resto da vida na cadeia esses bando filho da puta. sera se eles no se lembram q sao filhos de uma mulher tambem.

    ResponderExcluir
  3. E uma vergonha e uma vergonha e uma vergonha uma cidade com uma população com 50 mil habitantes com um efetivo de dois ou três PM á tá sem contar que na Polícia a situação e pior só conta com um investigador da Polícia Civil

    ResponderExcluir
  4. Vamos torcer para vê se um dia no Lago da Pedra, alguém que cometa um crime vá preso,

    ResponderExcluir
  5. Senhora prefeita Maura Jorge e seus variadores vamos cobrar do Governador e do seu secretário de segurança os efetivo das Polícia Civil e Militar para cidade de Lago da pedra o que todos sabem que o EX prefeito Laércio Arruda em seu 4 anos de mandato como prefeito au lado do Governador Flávio Dino nunca ligou para a segurança da cidade de Lago da pedra a cidade de Lago da pedra vive uma onda de violência com assaltos furtos homicídios tentativa de homicídios

    ResponderExcluir
  6. Senhora Maura Jorge vamos cobrar mais segurança para a cidade de Lago da pedra

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que este governador Flávio Dino não Gosta da população da cidade de Lago da pedra seu Governador na cidade de Lago da pedra falta Polícia Civil e Militar as eleições de 2022 está chegando seu Governador você vêm na cidade de Lago da pedra pedi votos para você e seus aliados

    ResponderExcluir
  8. Seu Governador Flávio Dino seu secretário de segurança do estado do Maranhão a cidade de Lago da pedra precisa urgente do aumento dos efetivos das Polícia Civil e Militar

    ResponderExcluir
  9. O diferente nesse crime para os padrões de Lago da Pedra é que não foi à bala.

    ResponderExcluir
  10. Esse é o popular corno vingativo kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Enquanto a cidade de Lago da pedra não passar a ser regional para aumentar os efetivos das Polícia Civil e Militar a cidade de Lago da pedra só conta com um investigador da Polícia Civil que trabalha de segunda a sexta-feira porque nos finais de semana o plantão e a Regional pedreiras que resolve não fica ninguém de plantão para resolver os problemas já na PM o efetivo e dois ou três PM têm vez que só têm um gente a cidade de Lago da pedra têm uma população de 50 mil habitantes precisa de alguém que briga com esse governo incipiente por segurança na cidade de Lago da pedra

    ResponderExcluir
  12. É deprimente ver que muitos acham que aumento de efetivo policial evitará crimes como esse. Pra melhorar, vamos pedir um policial pra cada pessoa.

    ResponderExcluir
  13. Você está com ironia a respeito de um Polícial por habitantes o que a população de Bem da cidade Lago da pedra quer e o aumento da Polícia Militar na cidade de Lago da pedra para fazer ronda ostensiva na cidade para diminuir a onda de crimes que ocorre na cidade e o aumento da Polícia Civil para investigar os crimes que ocorre na cidade a cidade a cidade de Lago da pedra só conta com um investigador da Polícia Civil que trabalha de segunda a quinta-feira agora e outros vagabundos que anda cometendo crimes na são contra o aumento dos efetivos das Polícia Civil e Militar na cidade de Lago da pedra

    ResponderExcluir
  14. Esse aí que é contra o aumento efetivo das Polícia Civil e Militar na cidade de Lago da pedra só deve ser bandido ou Ele é traficante ou assaltante ou deve ser comprador de produtos de roubos e furtos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vocês estão propondo, aumento de efetivo policial, é medida paliativa. A solução definitiva é a criação de novo código penal, eliminação dos benefícios infindáveis para quem comete crime. Isso somente ocorrerá se a população pressionar os congressistas.

      Excluir
  15. O que adianta efetivo policial se depois vão tds trabalhar de vigia no matheus kkkkk

    ResponderExcluir
  16. Tem que ter uma puniçao mais rígida pra casos assim .ta de mais isso .!!
    MEU DEUS quanta violência contra as mulheres, que eu nunca vi isso em toda a minha vida . que Deus nos proteja e nos livre desses monstros em pele de cordeiro . 😪

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA