Compartilhe essa Notícia:

Quando os PMs se aproximaram o homem avisou: "Sargento estou armado."


Um homem, identificado como Ivan, (José Ribeiro do Nascimento), foi conduzido na noite de quinta-feira (11) para a Delegacia Regional de Bacabal por porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com as informações, Ivan estava trabalhando em uma fazenda no município de Marajá do Sena, quando foi abordado por uma equipe da PM. Durante a revista pessoal, os policiais encontraram um revólver calibre .38, com 6 munições intactas.

O homem relatou que andava armado pois se desloca com frequência entre a cidade e a zona rural, onde ele e o pai possuem propriedades de terra e trabalham com criação e abate de animais (bovinos). Com a carne que vende, Ivan informou que abastece os povoados da região de Marajá do Sena. Devido ao risco de assaltos nas estradas, ele usava a arma para se proteger, mas afirmou que nunca usou o objeto para outro fim.

"Eu estava no meu trabalho. A Polícia Militar chegou e eles me abordaram, quando o sargento chegou eu disse 'rapaz eu tô armado', daí eu entreguei minha arma de boa. Eu não tava brigando, não tava bebendo, eu tava no meu trabalho", afirmou o conduzido. "As coisas hoje você sabe como é que é, por essas estradas no interior têm muitos ataques, muitas coisas desagradáveis e eu uso para a minha defesa, não para ferir ninguém", completou.

Durante a conversa com a imprensa local, além de agradecer à equipe policial, ele ainda informou que não possui rixa com ninguém, mas revelou que não é a primeira vez que ele é detido por porte de arma de fogo. Esta já seria a segunda vez.



A prisão aconteceu em Marajá do Sena e o conduzido foi apresentado na Delegacia Regional de Bacabal. 




Com informações da TV Cidade (Bacabal)

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

9 Comentários

  1. assaltantes de bancos , bandidos de verdade eles nao prendem

    ResponderExcluir
  2. Que pena! Tão bonito o Revólver.

    ResponderExcluir
  3. Já que ele é fazendeiro, é só tirar um porte de arma, aí pode andar sem medo da PM.

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo qual o fazendeiro da região que não anda com uma poderosa arma na cintura ou no seu carro?

    ResponderExcluir
  5. Por mim ele usava a arma dele até o fim da vida... Engraçado que arma de bandidos eles não tomam, bando de polícia de merda.

    ResponderExcluir
  6. Por você está exercendo o seu direito constitucional de proteger a sua vida e de seus próximos e se tornar um criminoso, agradeça ao maior ladrão do mundo que sancionou a lei do desarmamento contrária ao resultado do plebiscito.

    ResponderExcluir
  7. Lago da pedra, todo, dia matam um ou dois, assaltos a motos e carros na região todo dia, e a policia pega trabalhador... Vagabundo nunca é abordado pela polícia...

    ResponderExcluir
  8. Meu amigo procure comprar uma arma legalizada. É bem melhor

    ResponderExcluir
  9. Rapaz fui abordado saída de lago da pedra 3- 15 da manhã levaram uma faca que eu tinha dentro, do carro, agora ir atrais de ladrão, e bandido perigosos no vão de jeito nem um. Agora querer humilhar o pobre trabalhador, são bom covardes.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA