Compartilhe essa Notícia:

Domingos Carioca, das Lojas Hadassah, afirmou a autoridade policial que o gerente do Bradesco de Lago da Pedra, o expulsou da agência alegando que ele estaria infectado pela Covid-19

Agência do Bradesco de Lago da Pedra - MA

Domingos Carioca Sousa, empresário do ramo de roupas e variedades, registrou B. O. (Boletim de Ocorrência) na delegacia de Lago da Pedra (MA), comunicando a autoridade policial que foi submetido a grande constrangimento pelo gerente da agência bancária do Bradesco daquela cidade.

De acordo com o BO, o qual o blog teve acesso, na tarde da última quinta-feira (18), Domingos se dirigiu à referida agência para resolver suas pendências bancárias. Ele relata que entrou na agência acompanhado do irmão e aguardou sua vez na sala de espera, como qualquer cliente.

Poucos minutos depois, ele foi informado pelo gerente da agência bancária de que não poderia permanecer no local, porque estava infectado com o novo coronavírus (Covid-19), e foi convidado a se retirar das dependências do banco imediatamente. 

Surpreso e muito constrangido, pois no momento havia outros clientes presenciando o ocorrido, Domingos tentou argumentar, informando que de fato havia sido acometido com a Covid-19, mas que já havia se recuperado há mais de 10 dias e, inclusive, tem o exame comprovando que estava curado.

Exame comprova que o empresário se recuperou da Covid-19

Ainda segundo o B.O., uma funcionária e um vigilante do banco, que presenciaram toda a ação, tentaram intervir na situação em favor de Domingos, informando que o conheciam e realmente ele havia se curado da doença. O gerente, no entanto, continuou irredutível em sua postura hostil e passou a usar um tom mais grosseiro em suas palavras, expulsando o empresário do local de forma mal-educada. 

Indignado com a situação vexatória, o empresário se dirigiu até a delegacia local para registrar o boletim de ocorrência.

Embora Domingos seja um empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Hadassah, presente em cidades como Lago da Pedra, Lagoa Grande e Itapeva, na ocasião ele trajava roupas comuns, o que, segundo ele, pode ter acentuado alguma forma de "discriminação" do gerente.

O empresário afirmou que desde que havia sido testado positivo para o novo coronavírus, ele seguiu a recomendação médica de permanecer em isolamento domiciliar. Portanto, ele teve a responsabilidade e sensatez de permanecer em casa, enquanto se tratava da doença. Uma vez curado, ele finalmente pôde sair de casa para resolver seus assuntos particulares, porém não esperava receber tal tratamento. Ele ainda afirmou que irá procurar seus direitos e irá acionar o gerente e o próprio Bradesco na Justiça. "Eles tomaram conhecimento, porque em isolamento, busquei resolver problemas bancários através de telefonemas com funcionários do Bradesco, sempre alertando que não poderia me apresentar na agência, porque estava em tratamento para me recuperar de Covid. Tive até essa responsabilidade e só procurei a agência muitos dias depois de atestado a cura", comentou desapontado o dono da Loja Hadassah. 


As informações são do B.O. confeccionado na DP de Lago da Pedra e depoimento do empresário. 


O outro lado

O Blog do Carlinhos tentou entrar em contato com a referida agência do banco Bradesco para ouvir a versão do gerente, mas não foi possível encontrar nenhum número de telefone. Porém, estamos a disposição para um direito de resposta. 


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. Vixe vai dar uma idenizacao grande, e o funcionário ainda vai ser demitido

    ResponderExcluir
  2. Taca um processo pra cima deles

    ResponderExcluir
  3. Em Pedreiras tem um caminhonete F250 cor preta que veio de fora trabalhar na prefeitura isso é tira emprego do povo tá virado a mesma maracutaia da trizidela cadê a justiça desse país?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que tem haver com a matéria....
      Cabra besta.

      Excluir
    2. Calma agora que começou 🤣🤣🤣🤣

      Excluir
    3. I as AMBULÂNCIAS, que agora são todas alugadas

      Excluir
  4. Faz um alo bradesco pra ouvidoria e reclama desse canalha.

    ResponderExcluir
  5. A cidade de Lago da pedra têm 52 mil habitantes seu Mário Júnior

    ResponderExcluir
  6. Acabaram os homicídios de lago da pedra?

    ResponderExcluir
  7. Alguns dos que comentaram estão fumando é bosta de jumento??
    Enfatizando assuntos nada a ver com o da matéria acima, e pra piorar ainda misturam. Eita loucura.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA