Compartilhe essa Notícia:


O Secretário  Municipal de Administração, Damião Felipe, prestou entrevista há alguns dias, em que colocou que a gestão da Prefeita Vanessa Maia não era obrigada pagar a folha de dezembro relativa ao salário dos servidores contratados da Prefeitura. Nas palavras do secretário, a folha é responsabilidade do ex-prefeito Antônio França (Veja AQUI). 

Diante da polêmica, foi dada a oportunidade para que o ex-prefeito respondesse as declarações. Ele esteve na manhã desta segunda-feira (1) na Rádio FM Cidade de Pedreiras, Programa Tribuna 101, diante do entrevistador Klebinho Branco, para esclarecer a situação.   

No início da entrevista, França reconheceu a gravidade da situação e afirmou que em momento algum pretende fugir da responsabilidade de responder sobre sua gestão, e esclareceu diversas dúvidas sobre o problema da folha de pagamentos no final de seu governo. Veja abaixo a transcrição de alguns trechos da entrevista:

Klebinho Branco - O atual secretário Damião Felipe esteve no programa falando do posicionamento da prefeitura a cerca dos servidores que ficaram sem receber os proventos. Mas disse que só alguns chegaram a ser pagos pela sua gestão. Qual foi o motivo disso? 

Antônio França - Realmente, fui até questionado por algumas pessoas que ficaram sem receber, como se eu tivesse feito uma escolha. Eu seria covarde de pagar uns e não outros, não sei qual critério foi usado para pagar só uma parte dos servidores, mas de fato houve essa falha e até mesmo alguns secretários deixaram de ser pagos. Fui saber disso apenas no final do ano e ainda estamos tentado descobrir a causa. Nossa decisão e intenção sempre era pagar a todos.

Klebinho Branco - Você, como prefeito, logo no início do mandato passou por problemas parecidos. Inclusive o Dr. Marcos Adriano chegou a bloquear recursos do município por conta de não pagamento das folhas deixadas pelo governo anterior ao seu, de Totonho Chicote. Sabendo disso, você não buscou acompanhar melhor as coisas no final do seu mandato, já que as transições sempre são complicadas?

Antônio França - Como disse, nossa intenção sempre foi pagar todo mundo. De modo algum houve um momento em que disse, "olha, não vou ter como pagar todos, vou fazer um direcionamento que irá beneficiar só alguns", não! Nosso compromisso era com todo mundo. Tanto é que passamos a gestão completa pagando em dia, infelizmente, no final enfrentamos certas dificuldades e não teve como resolver. Houve uma mudança mês a mês de acordo com os recursos que caem, e não conseguimos equilibrar a questão de fornecedor e funcionários, infelizmente. 

Nós estávamos trabalhando com royalties, que já poderiam cobrir todos os débitos deixados. Porém, houve uma lei que me retirou esse recurso e eu a cumpri, o que inviabilizou os valores mensais dos nossos recursos, o qual foram para um fundo especial dos royalties para ser trabalhado na nova gestão. 

Só que, por mais que tenhamos deixado funcionários sem receber, o foco agora deve ser: o pagamento será feito ou não? Vamos trabalhar com a solução, a culpa quem vai definir é a própria justiça. Aquilo que eu tiver que pagar por erros que cometi, eu pago.

Há um dispositivo legal que esclarece que as despesas deixadas pelo outro gestor devem ser pagas pelo município. Esse débito não é do Antônio França, ele pode até ser responsabilidade minha por eu ter sido o gestor, mas o débito é do município. 

Klebinho Branco - Se você tivesse sido reeleito, como iria se virar nessa situação?

Antônio França - Teríamos já montado uma reestruturação da gestão para que pudéssemos enfrentar melhor as dificuldades desse novo ano. Já havia um esforço nosso para recomeçar um ano equilibrado financeiramente.  

Eu paguei várias dívidas, quando assumi a Prefeitura. Lembro que fui acionado por empréstimos atrasados do município, paguei de uma vez só 80 pessoas que entraram na Justiça pelo direito a uma indenização de R$ 1.500, tudo isso somado deu R$ 120 mil. Não quero justificar nada, busquei honrar ao máximo possível os compromissos e quitar os débitos para iniciar uma gestão enxuta e organizada.  


_____________________________________

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo

Inicio em 1:24:50

Segunda parte da entrevista

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. E o que tu fez desse dinheiro frança que coisa feia nao foi isso que seu pai lhe ensinou seja homem .

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus como pode um ser tão desprinçente como esse

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA