Compartilhe essa Notícia:


Quando tudo ainda era uma possibilidade, a Prefeitura de Trizidela do Vale, sob a gestão do Prefeito Deibson Balé (PDT), se antecipou às demais e lançou o plano de contingência com procedimentos a serem seguidos em caso de cheia do Rio Mearim.

O momento chegou, o plano foi acionado antecipadamente, e as primeiras famílias começaram a serem retiradas de suas casas e alojadas em locais organizados pela Prefeitura de Trizidela do Vale. A remoção iniciou no dia primeiro de março com a primeira família, de cinco pessoas, da Rua Santa Luzia. 

No dia seguinte, Prefeitura acionou todas as secretarias para que se mobilizassem dentro do Plano de Contingência. Uma Central para o Atendimento aos desabrigados foi montada na Quadra do Bairro Aeroporto, com equipes apostas durante 24 horas. Na quadra da Paróquia, Santo Antônio de Pádua, equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, secretários, voluntários, entre outros órgãos e instituições começaram a montagem de barracas/casas. 

Outros locais também foram organizados para o recebimento de desabrigados, são eles: Oásis, Igreja Santa Clara de Assis, bairro Aeroporto e o Parque Maratá. Tudo isso com o acompanhamento in loco do prefeito Deibson Balé, que inclusive ajudou na montagem das barracas/casas, orientou a população e visitou locais atingidos pela cheia.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA