Compartilhe essa Notícia:

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlânio Xavier, recebeu no final da tarde de sexta-feira, 23, representantes do Sindicato dos Bancários para discutir a inclusão da categoria nos planos de vacinação contra Covid-19 estadual e municipais. Eles haviam inclusive ameaçado greve geral sanitária em caso de não inclusão. 

O SEEB-MA reclama que os bancários prestam serviço essencial e estão na linha de frente do atendimento à população, principalmente, no atendimento de idosos. 

O diretor executivo do Sindicato, Edivaldo Ferreira, afirmou que a categoria tem função essencial e não parou durante nenhum momento da pandemia. 

“Eu sei que é um momento no qual muitas categorias querem ser incluídas como prioridade. Mas é preciso entender que nós estamos atendendo diretamente a população, atendendo idosos, que são um grupo de risco. O quantitativo de profissionais não é tão significativo e o benefício para a sociedade é imenso”, afirmou.

Atualmente, são cerca de 5 mil bancários no Maranhão e 2.300 na Ilha de São Luís. Nos últimos meses, 14 bancários morreram vítimas da Covid-19, além de milhares de maranhenses, que, segundo sindicato, podem ter se contaminado nos bancos, um dos locais mais perigosos para a transmissão do vírus, segundo o médico especialista em doenças infecciosas da UFES, Crispim Cerutti. 

O próprio presidente do sindicato, Eloy Natan, não participou da reunião por suspeita de Covid. 

O presidente da Famem se colocou à disposição da categoria para auxiliar na condução. Ele irá conversar pessoalmente com o governador Flávio Dino para verificar a possibilidade de inclusão dos bancários plano estadual de imunização. 

"Vou conversar com o governador e tentar sensibilizar para o plano estadual. Ele está sempre sensível a todas as causas dos maranhenses. Agora mesmo começamos a vacinar os professores.Os bancários todos os dias atendendo com presteza os maranhense que agora vão receber o. auxílio emergencial e irá virar um caos. Se tivermos greve bancária, todos irão sofrer mais ainda”.

Até o momento, já existem projetos para inclusão dos bancários nos planos aprovados por algumas Câmaras de Vereadores, estando pendentes, a sanção dos prefeitos para que a medida entre em vigor, como é o caso de Balsas, Bacabal, Santa Inês, Paço do Lumiar, Trizidela do Vale, dentre outras. 

Com a intervenção da Famem, os representantes dos bancários ficaram mais aliviados e acreditam que a solução possa ser dada, com a inclusão da categoria, o que acabaria com o indicativo de greve. 

Participáramos reunião o presidente da Famem, Erlânio Xavier, o diretor executivo, Marcelo Freitas, o diretor de comunicação, Clodoaldo Corrêa, e o representante jurídico, Ilan Kelsen. 

Representaram o Sindicato dos Bancários do Maranhão, o diretor executivo, Edivaldo Ferreira, e  secretária de comunicação, Gerlane Pimenta. 

Outra paralisação

Vale lembrar que os bancários da Caixa Econômica Federal irão paralisar as atividade no dia 27 de abril (terça-feira) no Maranhão. O que não se confunde com a possível greve sanitária. 

Esta greve será nacional e faz parte do calendário de lutas definido pela Comissão de Empregados em Defesa da Caixa 100% Pública, em plenária com dirigentes sindicais de todo o país. 

Os funcionários reivindicam do banco o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), a vacinação prioritária da categoria, além da não abertura das ações da Caixa Seguridade para a venda na Bolsas de Valores (IPO).

Fonte: Famem.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

8 Comentários

  1. Acelera Maranhão Erlanio Xavier Vice Governador do Maranhão

    ResponderExcluir
  2. Agora bem aí, a porra saúde educação polícia mas bancários?

    ResponderExcluir
  3. Mais do que justo incluir os bancários pois atendem diariamente várias pessoas. Se são essenciais, devem ser prioritários nas vacinas também.

    ResponderExcluir
  4. Quando nao tem comentário e porque tam metendo o pau no erlânio xavier e o carlinho babão não bota mais ta certo estar ganhando para isso

    ResponderExcluir
  5. É isso q ele quer porriso q inverte muito para fazer seu nome cuidado senado Ewerton rocha

    ResponderExcluir
  6. So doido queria um vice desse

    ResponderExcluir
  7. Tem que priorizar também os moto-taxistas. Porque eles fazem partes de trabalhos essenciais. Eu já trabalhei como moto-taxista e sei que o contato com pessoas são inevitáveis.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA