Compartilhe essa Notícia:


Na manhã desta quinta-feira (1º), o médico Dr. Alan Roberto, que está na linha de frente no combate ao Covid-19 e é considerado uma das maiores autoridades do interior do estado do Maranhão nos assuntos relacionados a essa doença, fez mais um comentário surpreendente.

Em suas experiências, ele detectou que a nova variante do novo coronavírus age de forma mais agressiva em jovens do sexo masculino, em especial os que fazem uso de anabolizantes e esteroides em academias.

Isso porque, segundo o médico, os hormônios androgênicos são um fator preponderante para a facilitação da ação da nova cepa.

Leia:

"Essa nova cepa pega velhinho e destrói. E pega jovens e massacra. E é rápida e silenciosa.

E ela age mais onde mais encontra androgênios, hormônios masculinos. Então por isso mata mais jovens, másculos, tomadores de bombas esteroides, etc.

E a grande novidade na esperança é que em jovens o uso de medicamentos bloqueadores de androgênios, como remédio contra calvície e contra câncer de próstata estão tendo uma ação surpreendente, eficaz e rápida no tratamento de casos com essa nova cepa viral mutante.

Penso diferente: penso que a hora da dor e do desespero não combina com oportunidade de lucro, mas de doação e compaixão.

Ela age onde a outra não agia: tenho perdido e pego pacientes com Covid com pulmão limpo mas com meningite, hepatite, infartos, AVC's, falência renal, falência hepática etc.

Trago alertas de que essa nova cepa é algo impressionante no aspecto da ação inesperada e diferente do que tudo que já vimos, como também no grau devastação. Portanto, todo cuidado é pouco. E mantenham a obediência às autoridades para as medidas sanitárias determinadas.

Vão ficar broxas uns dias, mas não vão morrer de Covid. Vale a pena! É minha contribuição informativa para vocês hoje. Tenham um dia de paz esperança com Cristo!"

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

6 Comentários

  1. O que eu acho engraçado, é que o vírus quando está nas mãos ele é neutralizado com álcool em gel. E por que nunca encontraram um medicamento que evite a pessoa ser infectada muito antes dessas vacinas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adivinha? Se adivinhar corre risco. Os medicamentos e tratamento precoce sendo proibidos, tendo como única alternativa as vacinas, leva a imaginação.

      Excluir
    2. Enche a cara e o nariz de cachaça todo dia que tu não pega ele seu cientista.

      Excluir
  2. ISSO AÍ É COISA DE GENTE GRANDE, PRA GANHA DINHEIRO.

    ResponderExcluir
  3. Esse Dr. Allan é um verdadeiro herói.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto não matar os cu de cana tá de boa

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA