Compartilhe essa Notícia:


Circula a informação de que um vídeo registrando ato sexual de alunos dentro de uma escola da rede estadual de Pedreiras, foi divulgado em uma página do Instagram e compartilhado nas redes sociais.

A informação estourou em diversas páginas de fofoca da cidade e já chegou até mesmo na imprensa da capital.

No vídeo, que o blog não teve acesso, os dois adolescentes, de 15 e 16 anos de idade, são filmados enquanto praticavam o ato dentro de uma sala de aula vazia. Um perfil criado no Instagram divulgou o vídeo nas redes sociais.

Vale salientar que o caso envolve uma série de atitudes consideradas como crime. O artigo 233 do Código Penal diz que "praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público" pode ser motivo de detenção.

A pessoa que filmou o ato também incorreu no erro. O Art. 216-B do Código Penal diz que é crime: "Produzir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, conteúdo com cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo e privado sem autorização dos participantes".

Por fim, "a pessoa que divulga, distribui ou compartilha imagens de cenas de sexo, estupro ou nudes, sem o consentimento da vítima, incorre no crime tipificado no artigo 218-C do Código de Processo Penal".

Nesse sentido, um site de São Luís postou uma matéria explanando sobre o caso. É de suma importância que uma investigação seja feita para identificar os envolvidos e providenciar a punição adequada para quem compartilhar as imagens, bem como citar os nomes dos adolescentes que aparecem no vídeo, tendo em vista que tratam-se de dois menores de idade.




⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

13 Comentários

  1. Quero só vê até ond essa página vai.

    ResponderExcluir
  2. Bota pa fuder!!!!! Kkk

    ResponderExcluir
  3. Isso é coisa de adolescentes, faz no impulso kkkkk

    ResponderExcluir
  4. E no impulso que nasce o algusto

    ResponderExcluir
  5. Estão ensaiando, futuros ator pornô kķk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprenderam com o professor Paulo Pirata lkkkkkkkkk

      Excluir
  6. não é a toa que o índice de gravidez indesejada eleva de forma acerbada, não generalizando a todos os jovens, difícil acreditar que em tal ato sexual se estaria com o uso de preservativos, uma vez que, ocorrido em âmbito escolar e a mercê dos impulsos carnais.

    ResponderExcluir
  7. Será se é culpa do Fred Maia tbm ?
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Aminha atração no blog do Carlinhos é os comentários das publicações kkkkkkkkk

    ResponderExcluir