Compartilhe essa Notícia:


Em uma nota que surpreendeu a todos, o Presidente do Instituto Municipal de Previdência de Pedreiras, Weskley Brito, afirmou que houve uma (pasmem) IRREGULARIDADE no pagamento dos servidores do município.

Membro da Academia Pedreirense de Letras (APL), Weskley é um notório conhecedor das palavras. Ao utilizar o termo "irregularidade", o escritor e poeta deixa bem claro que não houve um equívoco ou falha técnica, mas sim uma ação intencional de alguém que cometeu um ato ilícito no pagamento dos aposentados.

Em outras palavras, alguém do setor financeiro da atual administração aplicou incorretamente os recursos públicos e repassou valores abaixo dos devidos aos servidores aposentados da Prefeitura de Pedreiras. "Foi constatado uma irregularidade na geração de remessa de valores. Informamos que a falha já foi detectada e já estamos trabalhando na correção da mesma", diz a nota.

Agora, uma vez constatada a irregularidade, resta esclarecer como esta ocorreu, pois é de interesse público da população pedreirense tomar conhecimento se houve desvios de recursos públicos e se os responsáveis sofrerão alguma punição pelo cometimento do ato ilícito. 

"Os valores a menos constatados serão ressarcidos", pontuou o poeta presidente. Mas e o que acontecerá com a pessoa que cometeu a IRREGULARIDADE? Essa situação prescisa de mais esclarecimentos.

Ministério Público do Maranhão sediado na cidade de Pedreiras, vamos tomar ciência disso em prol dos nossos aposentados e pensionistas!!!

Leia a nota que circula nas redes sociais locais. 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Coitados dos aposentados do município,já não basta o miserável salário agora ainda tem quem faça isso, meu Deus agora que vai aparecer coisa

    ResponderExcluir
  2. Carlinhos, coloca aí a pesquisa da BRASMARKET, que mostra o Bolsonaro com 34,8% e o Lula com 19%.
    Mostra aí blogueiro!

    ResponderExcluir
  3. não colou kkkķķkķķ

    ResponderExcluir