Compartilhe essa Notícia:

O Posto Correão iniciou o dia cobrando R$ 8.27 o litro de gasolina, por volta das 11h reduziu o valor para R$ 7.70. 

Os moradores de Pedreiras que foram abastecer seus veículos nesta sexta-feira (11) levaram um susto. Conforme anunciado, os motoristas e condutores esperavam aumento de combustíveis, a surpresa desagradável se deve aos novos preços nas bombas. Por volta das 7h, em alguns postos, o preço do litro de gasolina chegou a R$ 8,27. Por volta das 11h, houve redução para R$ 7,70.

Para os motoristas apressados que abasteceram logo cedo, pagaram a mais quase 60 centavos e cerca de R$ 1,30, se comparado aos preços cobrados ontem. Que loucura!!! 

Essa oscilação de R$ 8,27 para R$ 7,70 confundiu os clientes. 

Curiosamente, a maioria dos postos de Pedreiras ainda ostentam o preço do litro de gasolina menos de 7 reais, no entanto, segundo informações de leitores, isso se deve em decorrência da falta dos combustíveis. A gasolina teria esgotado, mas os preços nas placas não foram alterados, confundindo os clientes. 

Denúncias e reclamações

Alguns consumidores reclamam de aumento abusivo e que alguns postos realizaram o aumento ainda ontem, dia 10. O Procon de Pedreiras investigou e divulgou uma nota nas redes sociais. 

Leia. 

"Bom dia. Entrei em contato ontem e hoje pela manhã com os proprietários/gerentes dos postos de combustíveis da cidade e alguns estão com seus reservatórios abastecidos e foram faturados com o novo aumento no qual solicitei as notas fiscais de entrada para serem analisadas. Outros estão recebendo abastecimento hoje e que serão faturados com o novo aumento e tambem foi solicitado as notas fiscais de entrada para que sejam analisadas.

Att Wallison Sousa/ Coodenador Procon Municipal de Pedreiras."

Diesel 

Na quinta-feira (10), a Petrobras anunciou que o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passaria de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Para o diesel, o preço médio passará de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro, uma alta de 24,9%. Em Pedreiras, o diesel é cobrado R$ 6.85 no posto Leão XIII na Rua da Boiada e R$ 7.19 no posto Correão, no Mutirão. 

Posto Leão XIII na Rua da Boiada 




O Posto Correão iniciou o dia cobrando R$ 8.27 o litro de gasolina, por volta das 11h reduziu o valor para R$ 7.70. Essas oscilações de preços foram percebidas em outros postos 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

13 Comentários

  1. Isso é abusivo, ainda nao foi nem repassado pra refinaria!!!!! Alô Procon!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. E vai ter mais uns 03 reajustes até o fim do mês.
    Entendo que para a Petrobrás bater recordes de lucros não precisa assaltar o povo brasileiro.
    O povo já foi assalto por um grupo político no passado e agora está sendo assaltado também pela Petrobrás.

    ResponderExcluir
  3. E o povo burro fazendo fila p abastecer. 🤦‍♂️

    ResponderExcluir
  4. Mas o mito tá crescendo nas pesquisas,criem juízo,brasileiros.

    ResponderExcluir
  5. Porquê vc não falou do posto Leão que estava de 8.27pela manhã babão

    ResponderExcluir
  6. Esse aumento foi no mundo todo não foi só no Brasil por isso o governo não tem culpa desse aumento

    ResponderExcluir
  7. Quem diabo vai votar nesse Bolsonaro esse n gosta de pobre gás vai bem 130 agora fora Bolsonaro

    ResponderExcluir
  8. Em 2014 com o salário mínimo você comprava 242 litros de gasolina com salário de hoje você só compra 150 litros.

    ResponderExcluir
  9. Esses porras tem ainda coragem de falar que nao er culpa do governo..da licença meu.. genocida.

    ResponderExcluir
  10. Aí aí ainda tem insolente que diz que o governo não tem sua parcela de culpa faça me o favor neh se ele é que comanda o país

    ResponderExcluir
  11. Por só mostram o preço abusivo do Posto Correão, no Leão tbm estava 8 e pouco, tudo Mala!

    ResponderExcluir