Compartilhe essa Notícia:


A guerra entre membros da família Salazar, de São Luís Gonzaga do Maranhão, e o delegado titular daquele município, Daniel Moura, teve nova batalha ontem, dia 30, nas dependências da Delegacia Regional de Bacabal/MA. 

A pretexto de investigar denúncia de que o médico Raimundo Salazar teria exibido uma arma de fogo em público, o delegado cumpriu mandado da justiça local, ordem de busca e apreensão, na Fazenda Promissão, de propriedade do médico, em São Luís Gonzaga. 

Na operação, uma arma calibre 38 foi encontrada no local. Diante do fato, o delegado Daniel Moura, diligenciou para a residência do médico, na cidade de Bacabal, onde fez nova busca e apreensão na casa e, em seguida,  conduziu coercitivamente, Dr. Raimundo Salazar, para prestar depoimento na delegacia regional de Bacabal.

O advogado do médico, Dr. Bento Vieira e o irmão, o advogado Bismarck Salazar, correram para a delegacia. Durante o depoimento de Raimundo Salazar, houve intenso bate-boca entre Bismark Salazar, Bento Vieira e o delegado Daniel Moura. Segundo relatos dos três, além de agressões verbais, houve trocas de denúncias graves, até ameaça de morte e, por muito pouco, não saíram nos tapas (ou murros). Pelas versões, parece que o médico não se envolveu na discussão entre os três.

Após ser ouvido pelo delegado, Dr. Raimundo Salazar foi levado para fazer exames de corpo de delito em um hospital da cidade e depois foi liberado. As últimas informações apontam que o caseiro da Fazenda Promissão se apresentou informando ser o dono da arma de fogo encontrado pelos policiais civis na propriedade do médico.

Do lado de fora da delegacia para a imprensa da região, o delegado alega que foi desacatado e acusado por crimes que não cometeu (furtar objetos da casa de um investigado) e deu voz de prisão a Bismark Salazar. Bento Vieira, por sua vez, afirmou que foi ameaçado de morte pelo delegado.

Bento Vieira: “Para a minha surpresa, existe a vontade do delegado Dr. Daniel de me eliminar, mas eu estou fazendo o meu trabalho, e eu quero informar para a secretaria de Segurança que ele está exercendo uma função sem condições.”

Dr. Bismarck Salazar:   “O que aconteceu hoje com Dr. Raimundo Salazar, é mais uma arbitrariedade perpetrada pelo delegado Daniel Moura; mas toda ação tem uma reação. Somos de uma família de bem, todos nos conhecem, viemos de baixo, estudamos, batalhamos e conquistamos nossos bens, mas como ele é invejoso e todo mundo sabe, porque um homem daquele não merece nem estar no comando de uma delegacia porque ele tem problemas psiquiátricos, ele sabe disso, o juiz sabe, o promotor de São Luís Gonzaga sabe... Agora, ele fez uma condução, não prisão, totalmente arbitrária; primeiro porque o mandato legitimamente legal foi para que fizesse busca e apreensão de armas na fazenda do Dr. Raimundo Salazar; só que a arma estava na casa do vaqueiro. O art. 12 da lei do desarmamento fala sobre posse de arma, ou seja, estar com o produto na mão. Não satisfeito, por ele (Daniel Moura) ser um analfabeto jurídico, ele sai lá da Fazendo Promissão, do município de São Luís Gonzaga, vem até Bacabal na propriedade do Dr. Raimundo, procedimento que nem é previsto pelo mandato, vasculhou a casa do médico, que está faltando hoje do trabalho, pois deveria estar cuidando de seus pacientes. Ele não encontrou nada lá, e o conduziu até aqui de forma arbitrária e sem amparo legal, mas nós estamos tomando a providência, doa a quem doar, porque o pau que bate em Chico é o mesmo que bate em Francisco.”

Delegado Daniel Moura: “Perceba-se que o indivíduo apresenta-se como irmão do investigado (Bismark Salazar) e lançou diversas acusações contra a minha pessoa. Ele fala de um mandado que é ilegal e logo em seguida diz que é arbitrário, tudo com medo do juiz e do promotor, porque deve, ele tem vários processos na Comarca de São Luís Gonzaga, já respondeu por vários e alguns foram arquivados não porque era inocente. Então, é mais fácil atirar pedra do delegado porque a Polícia Civil está mais enfraquecido? Isso não sei, iremos pensar tudo isso lá na frente."

"Na verdade, cumpri o mandado de busca e apreensão na companhia de outro delegado, o Fontenelle de Codó, muito respeitado em sua região, e ainda com vários policiais. Não estive só, não foi o delegado Daniel que cometeu uma suposta arbitrariedade, eu estive com outro delegado lá..."

"Fala-se também de uma perseguição movida pelo delegado contra uma família, só que eu não quero saber de família de ninguém, isso é conversa fiada. Quer dizer que estou fazendo uma perseguição e, no caso, estaria eu sendo patrocinado pelo juiz e pelo promotor? Eles dois concedem esses mandados e sou sustentado pelo Ministério Público e pelo Judiciário? Camarada desse está chamando os dois de otários é isso? Vocês concordam com um negócio desse?"

Repórter Romário Alves - "E sobre a declaração de que você teria entrado na casa de um cliente dele e que teria sumido dinheiro?"

Delegado Daniel Moura: "A representação que ele mandou o rapaz assinar foi arquivada. Ele não teve coragem de assinar e mandou outro já que não é muito bobo também, metido a inteligente."

Mais 

Em que pese a ordem de prisão do delegado, Dr. Bismarck não ficou preso; deixou a delegacia, conversou com repórteres, deu a sua versão, fez acusações e, em seguida, se dirigiu a sede sa subseção da OAB de Bacabal, para abrir uma denúncia contra Daniel Moura. Com essa, já são vários incidentes entre o delegado titular de São Luís Gonzaga e a família Salazar, bastante influente naquele município. 




 Mais 

“Se ele me matar, minha família mata ele, minha mulher não deixará barato”, ameaça Dr. Bento Viera

https://www.carlinhosfilho.com.br/2022/03/se-ele-me-matar-minha-mulher-mata-ele.html

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

7 Comentários

  1. O mais fraco aí é o advogado de bacabal, te sai da ir em qnto vc pode, se não vai sobrar pra vc dr Bento.

    ResponderExcluir
  2. Eu tiro o chapéu para o Delegado Daniel Moura no estado do Maranhão precisa de Delegado como você que não é corrupto trata todos igues pode ser preto ou Branco risco ou pobre se mora no Bairro A ou B

    ResponderExcluir
  3. No Brasil, esses poderosos se acham! Veja o que o presidente tá passando por enfrentar esses poderosos sozinho

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao delegado todos realmente conhecem essa família de gente baixa sempre envolvida em escândalos Dr Raimundo grande médico mas sem moral nenhum como ele não consegui compra no delegado Daniel Moura como comprou os demais eles estão usando de argumentos amém fundamento algum que ele sofre de problemas psiquiátricos falta de vergonha isso desculpa que a arma tava com o vaqueiro mas no dia da confusa aqui na promissão onde a fazenda dele é localizada ele chegou armado lá querendo apavorar a população não é segredo nenhum o tanto de escândalos com drogas e outras coisas mais que ele é envolvido

    ResponderExcluir
  5. Cara que matéria descabida e tendenciosa .... " A pretexto de investigar denúncia" ... Pretexto ? Não foi pretexto, tinha mandado se tinha era para ser cumprido, ou não ?

    Narre os fatos, e deixa de puxar sardinha meu amigo, isso não é ser imparcial.

    ResponderExcluir
  6. Caralho, o advogado nem sabe da lei do desarmamento, infeliz declaração dobre o art.12, kkkkkkk ele mudou a lei, ou a lei assim era feita por eles em São Luís Gonzaga

    ResponderExcluir
  7. Bolsonaronão liberou uso de aa de fogo pra todo mundo? Qual.o.problema de ter arma em casa?

    ResponderExcluir