Compartilhe essa Notícia:

Lançamento oficial da pré-campanha contará com a presença de lideranças de PT, PSB, PCdoB, Solidariedade, PSOL, PV e Rede, centrais sindicais e militância dos partidos. Alckmin participará de forma virtual, pois foi diagnosticado com Covid.

Alckmin e Lula durante reunião entre as diretorias do PT e do PSB sobre aliança para as eleições de 2022, em foto de abril — Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O PT lança oficialmente neste sábado (7) a chapa encabeçada por Luiz Inácio Lula da Silva com Geraldo Alckmin (PSB) como vice para concorrer à Presidência da República nas eleições de 2022.

Os pré-candidatos serão apresentados em evento realizado a partir das 10h no Expo Center Norte, na Zona Norte de São Paulo. Alckmin, no entanto, participará apenas de forma virtual, já que foi diagnosticado com Covid-19 na sexta-feira (6).

Além das lideranças do PT e do PSB, a cerimônia também contará com a presença dos partidos que já declararam apoio formal à chapa: PCdoB, Solidariedade, PSOL, PV e Rede. Centrais sindicais, movimentos sociais e militância das legendas também foram convocadas.

A formalização da aliança para efeitos estatutário e de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve ocorrer apenas após 4 e 5 de junho, quando está marcado o Encontro Nacional do PT.

A escolha de Alckmin para a chapa faz parte de uma estratégia para que Lula consiga buscar votos de eleitores mais identificados com o centro.

Segundo apurou o blog da Andréia Sadi, a expectativa da campanha após o lançamento é a de que os dois se dividam em busca de votos: cada um com uma agenda. No caso de Alckmin, um roteiro voltado para religiosos, agronegócio e também eleitores do Sudeste - especialmente São Paulo - onde o PSDB governou por mais de 15 anos, derrotando o PT.

De acordo com a última pesquisa Datafolha, Lula tem 43% das intenções de voto no primeiro turno, contra 26% de Jair Bolsonaro (PL).

Indicação de Alckmin

O diretório nacional do PT aceitou em 13 de abril a indicação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB) para compor a chapa presidencial ao lado de Lula nas eleições de outubro.

Mesmo com mobilizações contrárias dentro da sigla, Alckmin teve a indicação aprovada por 68 votos favoráveis e 16 contrários (13 contrários a Alckmin como vice, mas a favor de aliança com o PSB; e três contrários a Alckmin e à aliança com o PSB).

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e o ex-governador do estado Marcio França (PSB) foram os principais articuladores da aliança. No contexto de negociação para a disputa presidencial deste ano, Lula e Alckmin apareceram juntos pela primeira vez no final de 2021, em jantar organizado por um grupo de advogados em São Paulo.

Em 2006, os dois se enfrentaram no segundo turno da eleição presidencial, quando Lula foi reeleito para o segundo mandato.

Para que a aliança deste ano fosse possível, Alckmin se filiou em 23 de março ao PSB, depois de deixar o PSDB após mais de 33 anos de trajetória na legenda.

Fonte - g1

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

24 Comentários

  1. O ladrão da Petrobras se casará com o ladrão de merenda escolar de São Paulo.

    ResponderExcluir
  2. O Brasil não aguenta esse dois ladrão juntos.

    ResponderExcluir
  3. Esses dois bandidos tem que serem presos assim que se unirem, por formação de quadrilha.

    ResponderExcluir
  4. Brasil voltará a ser feliz de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ,o trabahador brasileiro, eu acredito que não.Mas eles sim,porquê o dinheirão público, voltará a engordar às conta deles que já estão no vermelho desde que perderam a eleição.

      Excluir
  5. BOLSONARO 🤜🤛

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem vota em bolsonaro é muito jumento não sei como essa aberração foi parar na presidência

      Excluir
  6. Essa história de Covid foi a desculpa que acharam para ele não passar vergonha "voltando a cena do crime".

    ResponderExcluir
  7. Kkkkk agora sim a quadrilha tá toda junta novamente 🤣🤣🤣🤣

    ResponderExcluir
  8. Lançamento oficial da pré-formação de quadrilha

    ResponderExcluir
  9. Rumo a vitória 13

    ResponderExcluir
  10. O Lula achou pouco o q roubou agora quer dividir com Alckmin não nos engana mais agora é 22

    ResponderExcluir
  11. Ñ somou tá perdido essa ai

    ResponderExcluir
  12. O gato e rato o povo brasileiro e feito mesmo de otário kk.

    ResponderExcluir
  13. Vamos varrer o Gado novo do mapa do Brasil. É Lula de novo com a força do povo.

    ResponderExcluir
  14. Tem a dupla sertaneja essa é a Ladrãoneja....

    ResponderExcluir
  15. gado não precisa se incomoda com lula não porque u bosonaro ainda tem um trunfo na manga qui e us pastores porque tem pastor aii que levanta voo de avião mesmo ele sem motor, ,cura todo tipo doeça ,,então pra ganha du lula precisa disso ,,ataque metiras, ou seja tão tentando muda u foco emquantos eses são realmente us golpistas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fácil identificar eleitor do Luladrão, basta ver a redação.

      Excluir
  16. Tamo lascado de novo eu vou votar no Ciro

    ResponderExcluir
  17. Essa dupla aí é mais falsa do que nota de 3 reais

    ResponderExcluir