Compartilhe essa Notícia:

Rony Veras Nogueira, de 41 anos, é acusado de ter assassinado a tiros a sua esposa, Ianca Vale do Amaral, de 26 anos; Crime aconteceu no dia 30 de abril.


A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público e transformou em réu o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, acusado de matar a esposa, Ianca Vale do Amaral, de 26 anos, em Dom Pedro. Com a decisão, o empresário deve ir a júri popular.

Rony Veras foi preso no dia 2 de maio na zona rural do município de Vargem Grande. De acordo com a polícia, o suspeito estava em um veículo com a sua irmã e um advogado quando foi localizado e detido pela Polícia Civil.

O crime

O crime aconteceu no dia 30 de abril e foi motivado por ciúmes. O casal discutiu em casa e em seguida, a vítima foi alvejada com tiros na perna, na cabeça, tórax e no braço. Ianca Vale não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.


Após o crime, Rony Veras se escondeu em um dos cômodos da casa até a chegada da Polícia Militar. O empresário conseguiu fugir pelos fundos da residência. Ianca Vale e Rony Veras haviam se casado em 2021. O suspeito é proprietário de um posto de combustível e uma churrascaria na cidade de Dom Pedro.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. Justiça seja feita

    ResponderExcluir
  2. Corvade sem coração

    ResponderExcluir
  3. um bandido desse é pra pegar prisão perpétua e ficar o resto da vida num calabouço.

    ResponderExcluir
  4. Deixar a filha sem a mãe dela muito triste

    ResponderExcluir
  5. Que fique preso p resto da vida

    ResponderExcluir
  6. Maldito, assassino!
    Daqui uns dias tá solto 🤡😡

    ResponderExcluir
  7. Que fique preso p resto da vida miserável covarde

    ResponderExcluir