Compartilhe essa Notícia:

 

A rodovia havia sido fechada após os indígenas protestarem pedindo intermediação do governo em relação a situação dentro da reserva. Os índios fecharam a BR pela quarta vez consecutiva no sábado (16), por volta das 16h, depois de não ter, segundo eles, seus pedidos atendidos. A operação contou com mais de 200 policiais da PRF

Na noite deste domingo (17), por volta das 20h, policiais federais desobstruíram a rodovia. Ao todo 200 policias estarão na região garantindo o direito de ir e vi, previsto na constituição federal.

A ordem para a liberação da rodovia veio através do Ministério da Justiça que determinou a liberação enviando à cidade de Barra do Corda uma equipe de Policias Federais para realizar a liberação.

Helicóptero da PRF de Recife Pernambuco chegou em Barra do Corda no final da tarde deste domingo (17), Ele desceu no quartel da Polícia Militar. O ministério da justiça em Brasília determinou que, a BR-226 entre Barra do Corda e Grajau no Maranhão TEM QUE SER LIBERADA.  “A Constituição não é para ser discutida. É para ser obedecida, disse um policial que não quis se identificar


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

18 Comentários

  1. Tao pensando que era igual ao tempo do governo do pt que apoiava esse tipo de atitude se lascaram vagabundos.

    ResponderExcluir
  2. Índios dessa região Preguiçosos e pedintes

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus demorou isso tudo pra eles desbloquearem essa Br? Ouvi falar que foram muitos policiais envolvidos nessa operação e aida sim conseguiram ontem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito simples passar por essa rodovia passa por cima deles tá vendo não é tão difícil 😁👍🏻

      Excluir
  4. Um abisurdo o que o governo está fazendo com os nativos!! Com mas conhecimento, menas pessoas ficam na inguinorância!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota pra correr,use a força se precisar

      Excluir
    2. são vândalos, Brasil tá sem lei

      Excluir
    3. Leva para tua casa analfabeto vai aprender ao menos escrever .Só sendo esquerdista para defender marginais como esses indios

      Excluir
  5. Tem que pensar tbm naqueles que estão tentando ir trabalhar, com família em casa e querendo não passar fome. São tudo uns sem vergonha

    ResponderExcluir
  6. Passei la n terço tudo tranquilo tinha indio balando n rede parece bem despreocupado kklk com uma biju na barraca pra vender ahente tem e medo de parar lá

    ResponderExcluir
  7. E uma vergonha ..e por uma dessas que este governo vai cair.

    ResponderExcluir
  8. Com mais conhecimento menos ficarão na ignorancia ! O Brasil tm q ter igualdde e vida de vdd !!!!! Comentários razos é o q mais tm aki triste isso 🤔.

    ResponderExcluir
  9. 200 policiais só pra isso meu Deus, que desordem

    ResponderExcluir
  10. Pau nesses vagabundo

    ResponderExcluir
  11. Raça sem futuro essa ai

    ResponderExcluir
  12. Todos, eleitores de LULADRÃO, nenhum querem trabalhar, somente beber cachaça e assaltar. O Brasil foi descoberto em 1.500, e até hoje, essas criaturas nunca aprenderam trabalhar, não querem nada com a vida , só querem direitos, e obrigações NENHUMA!

    ResponderExcluir
  13. Todos, eleitores de LULADRÃO, nenhum querem trabalhar, somente beber cachaça e assaltar. O Brasil foi descoberto em 1.500, e até hoje, essas criaturas nunca aprenderam trabalhar, não querem nada com a vida , só querem direitos, e obrigações NENHUMA!

    ResponderExcluir