terça-feira, 29 de agosto de 2017

A que tipo de leitores estamos escrevendo?



O blogueiro Carlinhos e as polêmicas da cobra Sucuri... E das garotas de Lago dos Rodrigues

Caros amigos, tomei uma preocupação quando li duas situações ocorridas com o blogueiro Carlinhos Filho em suas postagens, e levantei comigo mesmo a seguinte indagação: A que tipo de leitores estamos escrevendo?

A primeira delas foi quando o blogueiro foi terrivelmente hostilizado em seu post, mais de 200 comentários de todos os tipos, ao ilustrar uma postagem com uma conhecida imagem da internet, onde aparece uma cobra Sucuri no Rio Amazonas. Na nota, o editor relatava sobre a informação de uma cobra ter sido avistada subindo o Rio Mearim por baixo da ponte da cidade de Pedreiras, onde o blog é sediado.

Ao usar a imagem, fazendo questão de enfatizar no rodapé que era uma imagem de outro lugar, e que estava pedindo apenas para que os seus leitores lhe enviassem algum registro em foto ou vídeo da dita cobra, Carlinhos foi taxado de mentiroso e interpretaram que ele estivesse usando a ilustração para afirmar que se tratava da ocasião e lugar. A espécie é admirada por seu tamanho, e segundo os mais velhos, muito habitou o Rio Mearim nas décadas de 70 e 80. Hoje está praticamente em extinção na região. Depois ele conseguiu um vídeo e postou sobre o suposto momento em que a cobra passava.
Continua...

O segundo caso foi o de um print de uma notícia “fake” publicada por um perfil humorístico no Instagram. Se passando pela página do blogueiro Carlinhos, o título ofensivo apresenta atributos menosprezíveis a todas as garotas da cidade de Lago dos Rodrigues. O curioso é que o título possui graves erros ortográficos, como a inicial do título contido minúscula e substantivos próprios também. Além disso não apresenta nenhum link que dê direcionamento ao conteúdo da suposta matéria. Com isso, sem alguns leitores hesitarem contrapontos, o blogueiro foi bastante injuriado e até recebeu ameaças em seu número privado.


Fiquei intrigado com o grau de discernimento do público, vindo à tona o perigo que as notícias falsas ou “fakes” espalhadas e viralizadas irresponsavelmente podem causar, principalmente manipulando a opinião pública e deturpando a credibilidade de alguns veículos e canais de comunicação.

Tenho um respeito grande por todos os meus leitores. Tudo o que um blog é, depende inteiramente do público que o lê e o mantém informado. Contudo, cheguei à conclusão que, sem generalizar, boa parte dos leitores a qual estamos diariamente escrevendo, repito, ‘boa parte’ destes, são em sua maioria analfabetos funcionais que leem, mas não conseguem interpretar textos, não deduzem quando uma figura de linguagem está sendo empregada pelo autor, e distorcem tudo principalmente quando a mensagem em que se tentou repassar, está contida de forma implícita. Não exercitam a leitura, por isso o iletrismo no Brasil tem um grau absurdo, por vez preferindo estes formularem suas opiniões rasas apenas sobre o título do post, que em alguns casos chegam até serem alguma ironia, do que mergulhar no conteúdo para entenderem a ideia que o escritor quis repassar.

Estão demonizando a figura do blogueiro, enquanto que a sua árdua contribuição, sobretudo social, como a acessibilidade à informação e defesa das causas de interesse público, por exemplo, estão sendo ignoradas.

Confesso que até já cheguei a ter divergências com Carlinhos em algum momento, a ponto de nos engalfinharmos nas redes, mas não poderia deixar passar desapercebido o  fato de o blogueiro ser injustiçado. Cada um possui sua linha editorial e que responda por ela, sim. Sensacionalista ou não, por vezes irônico e sarcástico... Mas administrar um blogue nos tempos de intolerância ideológica em que vivemos hoje, nas palavras de Carolina Barbosa, é:

Dedicar tempo, conciliar atividades, administrar ideias.

É lidar com todas as emoções. E, a todo tempo, estar preparado para compartilhá-las.

É ter pique para curtir um evento e mesmo ao cansaço, reunir material, referências e editar fotos para trazer a notícia aos leitores.

É atualizar-se, ser útil enquanto veículo de informação.

É formar opiniões, lidar com as diferenças e sobretudo, respeitá-las.

É amor pela escrita. Amor que transcende ideias, coleciona sonhos e abre as portas.

Fonte: Blog do Fernando Melo

16 comentários:

  1. Passamos tantos minutos escrevendo algum post, para os leitores e é assim que eles nos agradecem. Infelizmente só por sermos blogueiros damos o parecer de não sermos compatível com esse trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que são pessoas incapazes de fazer uma leitura,então usam sua incapacidade para fazer ofensas.Pessoas invejosas que vivem de botar os outros pra baixo , porque são incapazes de fazer melhor...Em outras palavras IDIOTAS.

    ResponderExcluir
  3. Muitos critica o blogueiro. Mas já viu algum inteligente entender texto.

    ResponderExcluir
  4. Mayane Mendes Mendes29 de agosto de 2017 11:08

    [...] Boa parte dos leitores a qual estamos diariamente escrevendo, repito, ‘boa parte’ destes, são em sua maioria analfabetos funcionais que leem, mas não conseguem interpretar textos, não deduzem quando uma figura de linguagem está sendo empregada pelo autor, e distorcem tudo principalmente quando a mensagem em que se tentou repassar, está contida de forma implícita. [..] Fernando Melo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa percepção... só lêem mais não entendem o que está sendo lido.... típico.

      Excluir
  5. A pergunta mais correta é , que mídia que vocês acham que fazem? A realista? Ou a ilusionista movida a dinheiro? Já pararam pra pensar ?

    ResponderExcluir
  6. E a cobra continua lá no mesmo lugar. Subindo o rio.
    Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Postar aquele vídeo só piorou a situação pq eu assistir inúmeras vezes e não vi nada,faltou uma seta pra ver se a gente enxergar kkkkkk

      Excluir
    2. Nem de perto vc não ia ver a cobra. Passe na ponte e olhe para o lado da rampa que vai ver a A garrafa pet enganchada fazendo movimento.

      Excluir
  7. Vcs ficam creticandos seu leitores isso é muito parece q vcs esquecerão q seus blog depende deles mas repeito ao chamolos eles de nalfaberto e outras coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha nossa esse aqui nem escreve direito quanto mais ler as reportagens

      Excluir
  8. Vcs ficam creticandos seu leitores isso é muito feio parece q vcs esquecerão q seus blog depende deles mas repeito ao seus leitores náo fique chamando eles de analfaberto e outras coisas.

    ResponderExcluir
  9. É bem verdade que nem todos tem a veracidade e capacidade de interpretar um texto ou post postado,mais seria mais viável mais um pouco de respeito com os leitores e postar somente a verdade ao invés de ilusionismo.

    ResponderExcluir
  10. Será si a cobra tinha dinheiro????

    ResponderExcluir
  11. A ÚNICA COISA QUE VCS FAZEM BEM...É PUXAR SACO DE POLÍTICO.....nisso..SIM VCS SAO NOTA 10....Mas pra vcs ...SE PAGAR BEM QUE MAL TEM ???? IMBECIS

    ResponderExcluir
  12. Eu entendi a postagem da suposta cobra e tambem a imagen com a legenda dizendo que era apenas uma imagem ilustrativa o problema é em relaçao vcs blogueiros taxarem o povo de analfabeto,podemos até ser ignorantes mas sabemoS que todos os blogueiros da nossa regiao sao parciais e se sustentam apenas bajulando politicos e tentando plantar ideias na cabeça do povo

    ResponderExcluir