terça-feira, 28 de maio de 2019

No dia do trabalhador rural Hildo Rocha entrega patrulha mecanizada para agricultores de Porto Franco

Hildo Rocha realizando a entrega da chave durante cerimônia de entrega no assentamento.

O povoado São Raimundo, no município de Porto Franco, é um assentamento altamente sustentável, tem grande produção agrícola e pecuária. Os assentados produzem amendoim; mamão; inhame; banana; tangerina; milho; arroz; pimenta; peixe e leite, entre outros produtos em grande quantidade e de excelente qualidade. Agora mais de setenta famílias que moram na localidade e vivem da agricultura vão melhorar a produção, pois receberam uma patrulha agrícola fabricado pela John Deere, que foi adquirida com recursos federais oriundos de emenda do deputado Hildo Rocha.  A entrega aconteceu neste final de semana em ato liderado pelo prefeito Nelson Horácio.


“Hoje, nós temos um deputado federal que realmente é a favor do trabalhador rural. Muitos prometeram nos ajudar, mas ficava só na promessa. O deputado Hildo Rocha fez diferente. Ele disse que iria lutar para nos ajudar a conquistar uma patrulha agrícola e, para a nossa felicidade, hoje o deputado está aqui para fazer a entrega dessa grande conquista. Em nome da nossa comunidade, agradeço ao deputado Hildo Rocha, ao prefeito Dr. Nelson Horácio e aos vereadores, principalmente o Amigão, que nos ajudaram a realizar esse grande sonho”, destacou o presidente da Associação do Assentamento São Raimundo, Edmar Pereira dos Santos.

Assentamento vitorioso

Hildo Rocha disse que o São Raimundo é um assentamento vitorioso, que deu certo. “Essa comunidade é um exemplo de sucesso. Esse assentamento está dando certo porque é uma comunidade bem organizada, composta por homens e mulheres trabalhadores, que produzem muito”, enfatizou o deputado.

Hildo Rocha e representantes do município com as produções agrícolas do assentamento.

Apoio aos trabalhadores rurais

Rocha destacou a conquista da patrulha mecanizada é o resultado do esforço do prefeito Nelson Horácio e dos vereadores da base do governo municipal. “O prefeito e os vereadores pediram a minha ajuda, eu destinei emenda para a Codevasf, a máquina foi adquirida e hoje, na data em que se comemora o Dia do Trabalhador Rural, dia em que a Associação comemora onze anos, temos a grata satisfação de entregar esse valioso presente que vai ajudar a impulsionar a produção e a produtividade; vai gerar renda e melhorar a vida dos trabalhadores e trabalhadoras rurais do Assentamento São Raimundo”, disse o deputado.

Prosperidade


O prefeito Nelson Horácio ressaltou que os resultados dos trabalhos realizados pelos agricultores e agricultoras do Assentamento São Raimundo podem ser constatados todos os domingos, na feira municipal.

“A produção do assentamento é de excelente qualidade e a partir de agora eles terão condições de produzir mais, melhor, com menor esforço físico. Quero, portanto, parabenizar cada morador deste assentamento e dizer que continuaremos trabalhando em busca de novas conquistas. Muitas coisas ainda iremos conseguir para ajudar os trabalhadores e trabalhadores rurais do nosso município a prosperar muito mais. Agradeço ao deputado Hildo Rocha por mais essa ação que resultou em grande benefício para os agricultores familiares do nosso município”, destacou Horácio.

A associação comemorou seus onze anos de fundação

Participaram do evento, o deputado Hildo Rocha; o prefeito Nelson Horácio; a primeira dama Luame; os vereadores Amigão; Cafinfim; Edidácio; Elias Pastinha; Simião e Valmir; o presidente da Associação do Assentamento São Raimundo, Edmar Pereira dos Santos, vários secretários municipais e moradores do assentamento beneficiado pela ação do deputado federal Hildo Rocha.


2 comentários:

  1. Traidor voltou para tirar o Coaf do Sérgio moro

    ResponderExcluir
  2. A situação anda cada vez mais crítica no DETRAN/MA. Há anos os servidores aguardam a tão sonhada valorização.

    No começo da gestão Larissa Abdalla, até acreditava-se nisso. Mas logo ela trouxe em seu cabide uma legião de terceirizados que podiam ser vistos levantando bandeira para Weverton Rocha nas horas vagas e não vagas. Seu primeiro gesto de valorização do servidor foi o de dispor de Ginástica Laboral para os servidores. O projeto morreu de causas naturais, talvez por ter sido concedido apenas aos servidores da sede do DETRAN, enquanto os demais, nos interiores, sofriam e até hoje sofrem da falta de bens básicos, como água mineral.Isso que é fazer uma leitura errada da real situação do DETRAN.

    Nos anos seguintes, o que se viu foi uma confusão. Não sabíamos onde começava o PDT e terminava o DETRAN ali dentro. Chuvas de dinheiro para a reeleição de Edivaldo Holanda e para a campanha milionária de Weverton Rocha e seu projeto pessoal de poder. Vários gestores do DETRAN apareceram em fotos públicas apoiando esses candidatos, como se não soubéssemos que a ligação entre eles não era mero caso de simpatia.

    Enquanto isso, os servidores eram enganados com o ticket-alimentação nas férias e licenças, um grande sonho. Ou eram enganados com as festas suntuosas, que ofereciam muita comida (e bebida!) APENAS, repito, APENAS para os servidores da Sede. E tudo terminava no famoso pão e circo.

    Na sala de reuniões, um diretor administrativo incompetente e ridículo cujo sobrenome é Vasconcelos. Que ao invés de unir esforços políticos para agilizar as nomeações para o DETRAN ou mesmo traçar estratégias para o aumento das gratificações dos servidores (até hoje apenas temos um valor irrisório que se chama de gratificação dos coordenadores de educação para o trânsito), já que o governo Flávio Dino não tem vontade nenhuma de aumentar os salários, sabe-se lá o motivo, o nosso diretor ficava editando portarias para conter a entrada de mulheres trajando shortinhos curtos ou blusas tomara-que-caia! Grande mico aquela portaria! Ou mesmo, mais recentemente agora, que burocratizou ao quadrado as regras para as compras do cartão corporativo. Ou mostrou sua incompetência perseguindo servidores estáveis ou demitindo primeiramente os terceirizados mais antigos (deixando aqueles que eram comandados por Weverton Rocha). Se você vai a qualquer sala de chefia do DETRAN, como a Diretoria Operacional, eles atendem normalmente. Agora, se você pretende ir à diretoria administrativa, ah! Marque hora! O deus Vasconcelos não atende assim com facilidade não! E nem precisa ir dias de sexta-feira, raramente ele está lá!

    Na outra ponta, um RH fraco e descompromissado com a luta de servidores. Que mal serve para fazer cálculos errados ou incluir seu 1/3 de férias na data correta. Um RH que não promove um curso de capacitação ou mesmo procura compreender as necessidades dos servidores. Seu trabalho é apenas cumprir o que a SEGEP quer.

    Este é o quadro atual do DETRAN/MA. Todos que ganham 1.400,00 (no contracheque, e recebem menos do mínimo na verdade) conseguem observar com clareza o que estou dizendo. Pena que hoje os servidores estão nas mãos de um sindicato que sabe criticar, mas pouco contribui para discussões sérias (nem eles mais fazem reuniões entre si, pois têm coisas melhores a serem feitas) e nas mãos de analistas, que insistem em dizer que tudo está lindo, pois ganham nada mais que 3 mil reais a mais e executam o mesmo trabalho.

    Avante, movimento! Os assistentes têm força, sim!

    ResponderExcluir