quinta-feira, 20 de junho de 2019

Familiares e amigos prestam homenagens ao cantor pedreirense Brandinho


Desde que o corpo do cantor e compositor “Brandinho” chegou para ser velado em Pedreiras (MA), estiveram acontecendo homenagens a ele que faleceu nessa terça-feira, dia 18 de junho, em São Luís. Artistas locais, amigos e familiares se concentraram no prédio da Câmara Municipal para se despedirem do músico que foi sepultado ontem (19). “É uma perda, acho que Pedreiras amanheceu triste.  Pra mim não foi apenas um cantor, compositor, mas um amigo que esteve presente nos momentos difíceis da minha vida. A gente tem uma amizade há 30 anos e é um momento que ficamos sem palavras." Disse a cantora e compositora Dilza Siqueira.  

Outro amigo do cantor que esteve presente no velório foi o senhor Ari, cujo pai era proprietário da Banda “Os Íngaros” de maior sucesso nos anos 70 e 80 na cidade em que Brandinho iniciou a carreira. “O Brandinho iniciou nos Íngaros, juntamente com o tio Antônio, Bira, Manoel e seu Pedro. Eles fizeram um grande sucesso na região e outros estados nos anos 70 e 80. Ele deixa um grande legado na nossa cultura e faz parte da nossa família, pois vivia com a gente dentro de casa.” Disse Ari, emocionado.
Além dos artistas da terra que compareceram ao velório, estiveram presentes também o prefeito municipal Antônio França e a Diretora de Cultura do município Francinete Braga, que destacou a importância do artista para a cidade e para ela, onde o mesmo esteve do seu lado quando passou por momentos difíceis na vida. Acrescentou que Pedreiras irá completar um século ano que vem e que 100 (cem) pessoas serão homenageadas, entre elas o saudoso Brandinho.

“Ano que vem nós iremos homenagear 100 (cem) personalidades e logicamente o nome de Brandinho estará incluso. E nós já tivemos a grata satisfação de homenageá-lo em vida, em 2017 quando assumimos a presidência da fundação de cultura, onde realizamos um festival na cidade. Na oportunidade ele já estava doente e foi seu filho que o representou na solenidade. Brandinho vai deixar grandes lembranças nos nossos corações, ele era um homem de Deus que transmitia paz.” Disse Francinete Braga.

Fonte: Tribuna 101

Um comentário:

  1. Acho que o nome está errado. Eu lembro o nome do conjunto (assim era chamado, Conjunto em vez de banda) era ZÍNGAROS. Confirme.

    ResponderExcluir