segunda-feira, 24 de junho de 2019

Homem embriagado causa baderna e tenta agredir funcionários do Hospital Geral de Pedreiras

Dano causado pelo indivíduo no hospital

Na madrugada de sábado para domingo (23), um homem identificado como Roseli de Souza caiu da motocicleta enquanto transitava pelas ruas de Pedreiras. Durante o acidente, ele sofreu uma fratura na fíbula. Segundo informações da polícia, o condutor apresentava sintomas de embriaguez. 

Por volta das 3h da madrugada, ao chegar no Hospital Geral de Pedreiras, o homem provocou baderna no local. De acordo com relatos das testemunhas, o mesmo tentou agredir os servidores da unidade e quebrou alguns objetos, desferindo socos e chutes nos computadores da recepção.

Roseli recebeu atendimento, mas acordou na manhã desta segunda-feira (24) na Delegacia Regional de Pedreiras. O mesmo foi autuado pela Delegada plantonista Silvana Prazeres, pagou fiança e deverá responder em liberdade por embriaguez ao volante e dano ao patrimônio público.

- Com informações de Ribinha da FM (Tribuna 101) 

6 comentários:

  1. Mas vcs do blog não fala o motivo dele ter feito isso né, pra denegrir a imagem dele são bom ,mas o rapaz chegou gritando de dor i não foi atendido ,isso poderia acontecer com qualquer um de nós , a pessoa gritandode dor i não ser atendido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gritando de dor todo mundo chega. Agora fazer baderna ficou pra vagabundo mesmo

      Excluir
  2. Acho q vc esta enganado , por q eu conheço ele não vejo como vagabundo ,ele trabalha pra ele mesmo não depende de ninguém ,acho q vc esta muito enganado com ele

    ResponderExcluir
  3. depredar o patrimônio público e crime de o cara nao foi atendido logo e porque ele chegou querendo agredir e ameaçar os funcionários. já trabalhei em hospital e sei como é que esse povo chega querendo bater em todos

    ResponderExcluir
  4. Sou testemunha a ficar dele eu também estava lá com meu sobrinho eu vii tudo ele não chegou do jeito q está falando não ,ele queria atendimento i dicerao q não tinha médico ,na hora q ele fez isso o médico apareceu o médico lá dentro dicerao q não tinha mendico

    ResponderExcluir
  5. Sou testemunha a favor dele eu também estava lá com meu sobrinho eu vii tudo ele não chegou do jeito q está falando não ,ele queria atendimento i dicerao q não tinha médico ,na hora q ele fez isso o médico apareceu o médico lá dentro dicerao q não tinha mendico

    ResponderExcluir