terça-feira, 11 de junho de 2019

Morador de Lago do Junco é emboscado na saída de Lago da Pedra

Vítima é socorrida pela ambulância de Lago do Junco

Uma tentativa de homicídio foi registrada nesta noite (11), na estrada MA-119, trecho entre as cidades de Lago da Pedra e Lago do Junco. O crime aconteceu por volta das 19h, precisamente entre o povoado Zé Rita e o loteamento próximo a entrada de Lago da Pedra.

Vítima chega no hospital de Lago do Junco
A vítima, conhecida como Gleyson da Irá do Cipó, é moradora de Lago do Junco e retornava para casa de motocicleta, quando um homem que estava escondido as margens da estrada passou a disparar tiros de arma de fogo contra ele.

Foram cerca de 4 tiros e segundo informações, Gleyson foi alvejado no braço, caiu da moto e conseguiu fugir adentrando as soltas à beira da estrada. Com o braço sangrando, chegou em outro ponto da estrada e pediu ajuda para motoristas que estavam passando. Foi levado para uma comunidade mais próxima e depois socorrido de ambulância para o hospital de Lago do Junco.

Ainda segundo informações, ele passou por procedimento e relatou o que aconteceu na estrada.

A polícia militar foi informada e está no hospital para ouvir a vítima. O caso será investigado pela polícia civil de Lago do Junco.


Gleyson da Irá do Cipó

Homicídio em Lago do Junco

No último dia 6, o cabeleireiro, Osvan Borges de Sousa, conhecido pelo apelido de "Nenem", de 39 anos de idade, foi assassinado às 10h20m. O crime ocorreu no salão de propriedade da vítima, localizada ao lado de sua casa, na Rua Moraes Rego, Centro da cidade.

O cabeleireiro foi atingido com três tiros, um na cabeça e dois na barriga.  Informações apontam que o autor dos disparos foi um jovem que chegou ao local disfarçado de cliente, aguardou a vez e, no momento em que seria atendido, sacou uma arma e efetuou os disparos. Depois do crime, ele fugiu em uma moto Bros, cor branca. Nenem ainda foi socorrido com vida para o hospital de Lago do Junco, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dá entrada na unidade.

Passado seis dias, nenhum suspeito do crime foi preso.


URGENTE! Ex-candidato a vereador é assassinado no local de trabalho em Lago do Junco

23 comentários:

  1. Lago da Pedra, está vivendo uma onda de assaltos, arrombamento e várias tentativas de homicídios.. mas nenhum BLOGUEIRO DA CIDADE QUER NORICIAR.

    ResponderExcluir
  2. É uma LÁSTIMA viver nessa cidade de Lago da pedra! Sem um tipo de segurança.é moto Ramadã de assaltos todos os dias .. e é notícias ninguém ver circulando . Será porque ?

    ResponderExcluir
  3. Lago da Pedra, está vivendo uma onda de assaltos, arrombamento e várias tentativas de homicídios.. mas nenhum BLOGUEIRO DA CIDADE QUER NORICIAR.

    ResponderExcluir
  4. Os mesmos sujeitos que atiraram nesse homem roubaram a moto de outra pessoa mais a frente do acontecido, 2 homens de jaqueta, numa Titan preta

    ResponderExcluir
  5. E difícil. Mas fazer o que depois que mataram o negao essese vagabundo de meia tigela pensam que são dono da razão. Negao sabia lidar com esse tipo de gente. Que pena q já si foi.

    ResponderExcluir
  6. Esse homen chamado Gleyson estava em um carro branco fiat uno não estava de moto não

    ResponderExcluir
  7. Como sempre as investigaoes nao vao dar em nada . Tantas mortes sem respostas da policia em lago do junco e regiao.

    ResponderExcluir
  8. Essas situações não devem parar tão cedo, pois a polícia militar da região do 19 batalhão de Pedreiras está cansada. Isso mesmo, CANSADA. Os quartéis dos interiores estão todos insalubres e as poucas armas estão sem manutenção. E o pior, é o que está acontecendo no serviço dos policiais. Existe uma ordem do comandante da região, onde os polícias do interior devem passar os 3 dias de serviço acordados até as 4 hr da manhã, em frente as agências bancárias pra “evitar” um possível assalto. ( sendo que as agências são instituições privadas, que nada tem a ver com a polícia militar). E mais, estão tirando policiais de suas cidades ( que não tem agências) para incorporar juntamente com os polícias da cidade que tem. Um exemplo claro, são os policiais de lago dos Rodrigues e lago do junco que vão todos os dias a noite pra lago da pedra para ficarem vigiando as agências bancárias da cidade, enquanto a população dessas duas cidades ficam completamente desprotegidas, outro exemplo é em Esperantinopolis que também vão policiais de São Roberto e São Raimundo e idem com igarapé grande, que vão os policiais de Bernardo do mearim. As outras cidades não citadas, ficam somente dois policiais “fingindo” uma proteção as agências, pois qualquer pessoa sabe que dois pm’s não tem a mínima condição de um confronto conta uma quadrilha. Agora, como a população vai ficar protegida, se em suas cidades, ou não tem policiais, ou tem policiais extremamente cansados, e fazendo um serviço particular de vigiar as agências bancárias até as 4 hrs da manhã, tendo que as 7 horas estarem acordados. Imaginem vcs, trabalharem 240 horas mensal, sendo pressionado até a tirar fotos em frente às agências de madrugada e enviar as mesmas para o comandante, para provar que estão fazendo o serviço particular. Os próprios comandantes dos interiores não estão gostando nem um pouco dessa situação, além de terem que passar todo o mês dentro de um quartel, tem que se contornar parar segurar essa situação absurda com sua tropa. Na cidade sede, em pedreiras não está muito diferente, os polícias estão sendo obrigados a fazer mais serviço de segurança particular,do que realmente o serviço do policial militar que é servir a população.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os policiais têm q mostrar serviço mesmo ora! Já não fazem quase nada. O comandante tá certíssimo.

      Excluir
    2. A realidade, é que polícias desmotivados e cansados com tantas mentiras só vai respingar na população

      Excluir
    3. Pq vc policial que está reclamando das atitudes do governo não se identifica e pede ao comando sua transferência?

      Excluir
    4. Vem trabalha aqui em poção de pedras vc vai só comer mulher e ainda usando carro e o zap da corporação, Sacanagem isso tem os prints rolando em grupos, poriso quando alguém liga em busca de ajuda tão dentro do carro com as novinhas, aqui em poção tem que respeita o povo que mora primeiro conhecer as pessoas para não ta fazendo merda tratando pai de família igual bandido

      Excluir
  9. Podia dar logo uma farda do banco pros policiais

    ResponderExcluir
  10. Nunca vi uma tropa não ser reconhecida pelo seu próprio comandate. Um Sr que está à frente da tropa, mas que não pensa em seu policiais. Força estes a estarem frente à agência bancárias dia e noite. Deixa de dar segurança a população em troca de serviços bancários em toda a sua região. Comandante este que quer apenas a seguridade do dinheiro alheio. Hoje se ver policiais abatidos, desmotivados. Vejo estes policiais dia e noite na rua. Mas nada de proteção à pessoas e sim as coisas. A instituição polícia militar está deixando de existir em pedreiras para se tornar instituição de proteção à bancos. Comandante que se quer pensa na segurança de seus comandados e se quer de sua população. Região dos lagos é apenas reflexo que ocorre em toda a região do 19 batalhão.

    ResponderExcluir
  11. Na frente do 19 batalhão está uma pessoa despreparado com seus subordinados, onde somente sabe passar ordens absurdas.

    ResponderExcluir
  12. A polícia militar da região de pedreiras está sucateada, em desanimo total, nunca se viu um comando com uma reputação tão negativa.

    ResponderExcluir
  13. Lamentável o que está ocorrendo na região de Pedreiras com a polícia militar. Os policiais são desviados do serviço fim para o qual são destinados para proteger instituições financeiras que sequer deixam um único vigilante dentro da agência, se confiando no serviço “público” da PM. Enquanto as viaturas poderia estar atendendo a população, estão indo para outras cidades unicamente para fazer segurança de banco. Uma vergonha. O trabalhador que precisa não tem uma viatura disponível pra ataiar uma briga da mulher dele com o gato véi pois todas estão nas frentes dos bancos na madrugada.

    ResponderExcluir
  14. O comandante do 19°batalhão de pedreiras está usando o serviço público dos policiais militares para fins privados na segurança de bancos em toda área pertencente ao batalhão de pedreiras.Policiais militares da área se desdobram fazendo operações dia e noite e de madrugada,enviando fts da operação ao comando, por determinação do comandante afim de evitar possíveis ataques a bancos,porém esquece do principal q é a segurança dos policiais que apresenta um baixo efetivo pondo em risco a vida dos msm em confrontos diretos com assaltantes de bancos.Possivelmente essas ondas de assaltos na região estão ligadas ao desgaste da tropa por conta dessas operações q tem por finalidade exclusiva de proteção abalanços, e esquece da sociedade q sofre com assaltos no dia-a-dia.
    Ass:anônimo

    ResponderExcluir
  15. Lamentável o que está ocorrendo na região de Pedreiras com a polícia militar. Os policiais são desviados do serviço fim para o qual são destinados para proteger instituições financeiras que sequer deixam um único vigilante dentro da agência, se confiando no serviço “público” da PM. Enquanto as viaturas poderia estar atendendo a população, estão indo para outras cidades unicamente para fazer segurança de banco. Uma vergonha. O trabalhador que precisa não tem uma viatura disponível pra ataiar uma briga da mulher dele com o gato véi pois todas estão nas frentes dos bancos na madrugada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e por isso que nao vejo mais viaturas nas ruas,😂😂 vou morar agr na frente do banco

      Excluir
    2. Vou andar a pé agora pra prevenir de ser roubada...polícia não estar nas ruas onde e o lugar dela.

      Excluir
  16. Fácil falar da PM mais ninguém presta atenção nos investigadores que são responsáveis pelas investigações so que eles só pensam em receber propina dos comerciantes andando todo dia pedindo dinheiro de uma tal de licença, sem falar que estão sendo conivente com o crime de contravenção recebendo dinheiro dos donos das bancas de jogo de azar. MP investiga isso pior que em Lago da Pedra tem um tal de Roberti que anda pegando dinheiro dos comerciante e fazendo vista grossa pra não prender

    ResponderExcluir