sábado, 20 de julho de 2019

PEDREIRAS: Mulher espancada pelo companheiro alega que foi "puxada" pelas partes íntimas

Imagem da internet.

Um homem, nome não identificado, foi flagrado espancando a companheira ontem (18) no bairro Parque Henrique, em Pedreiras. Os policiais socorreram a vítima que estava sofrendo agressões, abuso sexual e tentativa de homicídio na casa do acusado. O crime marca mais um caso de violência contra a mulher, que vem sendo recorrente na nossa região. 

A vítima, que não quis se identificar, concedeu uma entrevista ao repórter da TV Ouro Vivo, Jorge Henrique. "Quando chegamos no bar foi só eu conversar um pouquinho com uns colegas que ele saiu me puxando até a casa dele, me levou arrastada. Quando nós chegamos lá, ele começou a me bater, me "puxou" com força pela parte íntima e pegou um facão para tentar me matar. Ele pensa que é o dono do mundo, se acha o valentão porque tem os bração e tudo, mas na hora não é nada", disse. 

Na casa dele, o agressor teria pego nas partes íntimas da mulher com força. Ela alega que foi salva da situação através da polícia, que chegou ao local depois de receber uma denúncia anônima. "Se não fosse a polícia, acho que uma hora dessa eu estava morta", declarou a vítima. 

Ao perceber a presença dos policiais batendo na porta, o homem mandou a mulher fazer silêncio enquanto conversava com os agentes. Ele chegou a justificar a situação, alegando que a vítima era a "mulher" dele e que se tratava de um caso particular. Mas as agressões foram constatadas imediatamente pelos policiais, que conduziram o suspeito à Delegacia Regional de Pedreiras. 

A mulher contou que esta não é a primeira vez que o marido apresenta comportamento agressivo, alegando que o mesmo é muito ciumento. Ela afirmou ainda que não está disposta à perdoá-lo. Confira a entrevista na íntegra:




- Com informações da TV Ouro Vivo (Repórter Jorge Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário