Compartilhe essa Notícia:


A Polícia Militar prendeu ontem (17) um homem identificado como João José da Silva Gonzaga, acusado de aplicar diversos golpes (estelionato) na cidade de São Domingos (MA) e Lima Campos. As informações foram confirmadas através do levantamento feito com as vítimas.

João se dizia ser funcionário do INSS, prometendo facilitar a aposentadoria de pessoas, em troca do pagamento de valores para esse fim. Durante suas abordagens, ele não apresentava documentos pessoais e informava um nome falso para os comerciantes.

O acusado foi conduzido para a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras.

Em 2011, João foi preso pela Polícia Federal pela prática do mesmo crime na cidade de Pinheiro (MA). Ele arrecadava quantias junto a lavradores e pessoas idosas em povoados e cidade de municípios como Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Palmeirândia, com a promessa de conseguir facilidades na concessão de benefícios previdenciários junto ao INSS. 

Mediante a apresentação de formulários supostamente oficiais de cadastro no INSS às vitimas, João José as convivência da viabilidade do negócio e arrecadava valores das vitimas que variavam, no total, entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00, que dizia serem necessários para custear despesas cartorárias, quando, na verdade, se apropriava dos mesmos e sumia. 

Na ocasião, ele havia sido preso em Pinheiro e levado para o Fórum, onde varias vítimas foram ouvidas. Pela quantidade de pessoas lesadas pelo estelionatário na época, suspeitava-se que a quantia tomada das vítimas na região passava de meio milhão de reais.
O acusado, João José. Foto tirada após sua prisão em 2011
- Com informações de Marcos Limma e Paulinho Castro
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. Ele passou na cidade de Lago-Açú e também fez algumas vítimas.

    ResponderExcluir
  2. As pessoas ficam tentando fazer o"jeitinho brasileiro" para obter benefícios de forma ilícita, então acabam nas mãos desse tipo de golpe.
    Caso pagassem corretamente a previdência, creio que não precisariam desse tipo de serviço.

    ResponderExcluir
  3. em sao raimundo do doca bezerra ele tambem fez uma vitima, mandou a mulher reformar um ponto que ele ia botar um correspondente bancario e sumiu depois do serviço feito.

    ResponderExcluir