quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Crise da saúde no Maranhão atinge até o Hospital Macrorregional de Presidente Dutra


A atual crise da saúde no Maranhão tem atingido hospitais de vários municípios da região. Dentre eles, está o Hospital Macrorregional de Presidente Dutra “o Socorrão” que, segundo informações recebidas pela equipe do Blog, está sofrendo uma drástica redução no quadro de funcionários.

Embora não tenha suspendido as atividades, o atendimento oferecido caiu significativamente, pois com a falta de médicos e demais profissionais, as unidades de saúde tendem a perder a qualidade na prestação de serviços.

“Não dá pra ficar só um médico em cada setor. Lá são dez leitos de enfermaria, dez leitos de observação e, ainda ficar responsável pelo atendimento de urgência e emergência é uma situação impossível. A mesma coisa acontece na clínica geral”. Relatou um médico que não quis se identificar.

Segundo informações, já foram demitidos um médico de plantão da pediatria, um médico da clínica geral, um médico da ortopedia e mais cinquenta (50) funcionários, que vão desde assistentes sociais a enfermeiros. Além da demissão em massa, o Hospital de Presidente Dutra, que possui um dos maiores fluxos da região, também carece de medicamentos e estrutura adequada.

Salários em atraso

O principal motivo das demissões, seria ocasionado por uma crise financeira que no momento assola todo o Estado. Este déficit financeiro é um problema que vem ocorrendo há alguns anos e agora se evidenciou no atraso do pagamento de vários funcionários. "Ele tirou vários médicos e ainda está desde junho sem pagar, somando três meses em débito e entrando no quarto". Afirmou um médico.

Saiba mais:


Médicos que prestam serviços para o governo do Estado entram no 4º mês com salários atrasados
https://www.carlinhosfilho.com.br/2019/08/medicos-que-prestam-servicos-para-o.html


Hospital Geral de Peritoró suspende atividades por tempo indeterminado
https://www.carlinhosfilho.com.br/2019/09/hospital-geral-de-peritoro-suspende.html

18 comentários:

  1. Esse governador Dinoquio deu uma entrevista dizendo que tinha dinheiro pra emprestar para o governo federal agora esse canalha resolve fechar os hospitais do estado que porra eh essa heim esse governador mentiroso tem que ser fuzilado em praça pública suas mentiras estão atrapalhando o desenvolvimento do Maranhão e nem adianta ele botar culpa no governo federal ele tem que cumprir suas promessas afinal foi ele mesmo que abriu a boca e disse que tinha dinheiro pra emprestar pra quem quisesse chega de canalhas no poder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O governador apenas colocou a cereja, já que "atrapalhando o desenvolvimento" foi decretado a partir de 2003 com a ampliação e implementação de políticas assistencialistas. Os números não mentem, são omitidos. Um Estado onde quase metade da população recebe "benefício" não pode ser desenvolvido. Pode? O pior é a crença de que isso é necessário. Quem é contra a forma, pra ascender a um cargo público tem que mentir, senão... obrigatoriamente começa mentindo.

      Excluir
    2. Meu governador q Deus abençoe seu governo mesmo não recebendo do governo federal...,que vc consigo manter sua responsabilidade stamos com vc mesmo sabendo das dificuldades, sei q vc tem boa fé para melhorar nosso estado...E vc seu babaca q fala uma barbaridade dessa vc talves não tem família ridículo q o mal q vc deseja cai em vc!

      Excluir
  2. O rei da mentira se chama Flávio Dino oh governador pra mentir esse não sei como seus aliados ainda continuam seguindo esse palhaço

    ResponderExcluir
  3. O diabo eh o pai da mentira Dino eh o filho do diabo por aí vcs tiram quem eh esse governo perverso que sempre acha um culpado para suas presepadas chega de impunidade.

    ResponderExcluir
  4. Prefeitos caiam foram desse governo mentiroso enquanto eh tempo já deu o que tinha que dar esse Dino não ganha mais nem pra porteiro de cabaré

    ResponderExcluir
  5. Nem adianta os PTralhas virem com aquele Papinho de que o culpado eh o governo federal as mentiras de Dino já passaram dos limites cadê o asfalto que ele prometeu de Esperantinópolis a Joselândia heim todos ouviram lá na cidade de São Roberto cumpra com suas promessas governador comunista de meia tigela.

    ResponderExcluir
  6. Crise não é só na saúde não na segurança as Delegacias se encontra sem investigadores da polícia Civil e o efetivo da polícia militar e pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposto que tu é sub judice-12 ou CR-18 KKKKKKKKKKK

      Excluir
  7. Fique calmos! 2022 vem aí com Flávio Dino Presidente do Basil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só se for presidente de pedrinhas

      Excluir
    2. Amém meu presidente Deus vai abençoar.

      Excluir
  8. Calma amigos. O Dinoquio tá fazendo uma força tarefa desde maio na EDUCAÇÃO para alavancar um bom resultado no IDEB. Com isso ele terá o palanque feito pra 2022 com a mesma balela de Ciro com o IDEB do Ceará. Vai que cola esse IDEB....rsrsr

    ResponderExcluir
  9. Gente vamos ler e compreender !! o hospital não fechou, para ser atendido basta chegar morrendo,só isso, ho povo que gosta de reclama das coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse governadora eu cancela a qualquer tipo de consulta em hospitais de emergência por isso os municípios não querem ter responsabilidades como de Peritoro jamais o prefeito que construir o hospital fica desviando verbas e o estado acolhendo tudo...

      Excluir
  10. Flavio Dino destruiu o estado do Maranhão e sai na mídia nacional se passando de "melhor governador do Brasil", é mole?? kkkkkkkk... esse mentiroso pensa que engana quem??

    ResponderExcluir
  11. Lamentável. Isso está acontecendo em todos os hospitais do estado, pessoas que só tem esse mísero salário.

    ResponderExcluir
  12. Se mentira fizesse o cara ficar rico esse Dinoquio era trilionario não existe na face da terra ninguém pra mentir mais que esse sujeito não sei como os aliados dele suportam isso aff

    ResponderExcluir