sábado, 5 de outubro de 2019

PEDREIRAS - Garoto de 14 anos relata como sofreu as agressões com facão feitas pelo padrasto

As informações são de que o agressor, identificado como Guilherme, já havia premeditado o crime contra a criança e agiu motivado por homofobia



Na última quinta-feira (03), por volta das 17h30m, uma tentativa de homicídio contra um adolescente de 14 anos de idade foi registrada no bairro Matadouro. Segundo informações, o autor do crime, que é padrasto da vítima, agiu motivado por homofobia contra o enteado.

O jovem "Cristal", como é conhecido, relatou em entrevista concedida à equipe da TV Ouro Vivo que já sofria agressões do padrasto, identificado como Guilherme, desde que era criança e recentemente as ameaças de morte por parte do agressor teriam sido reforçadas, sendo direcionadas até mesmo aos demais membros da família.

Segundo informações, o agressor teria comprado um facão há poucas semanas já no intuito de praticar o ato criminoso contra o menor de idade. Cristal estava em casa tomando banho, quando foi avisado que Guilherme estava à sua procura de posse da arma branca. Amedrontado, o garoto saiu de casa apressado sem nem ao menos de vestir e foi surpreendido pelo padrasto na porta de casa que o golpeou com o facão. O golpe por pouco não atingiu o pescoço da vítima, que se abaixou a tempo e levou um corte na testa.

Ele foi socorrido e levado para o hospital, onde recebeu atendimento médico. A Polícia Militar foi acionada e realizou diligências para localizar o suspeito. Até o fechamento desta matéria Guilherme encontra-se foragido.

“Ele me atacou com facão porque sou bissexual”, disse o adolescente.

Com informações TV Ouro Vivo

10 comentários:

  1. Deus
    abençoe o rapaz,isso não pode ficar assim,uma criança realmente,sou durão,mas,chorei aqui de revolta.

    ResponderExcluir
  2. Falta de respeito pela as crianças

    ResponderExcluir
  3. Falta de respeito pela as crianças

    ResponderExcluir
  4. Cadê o cosenho tutela pra ajuda essa criança!

    ResponderExcluir
  5. Esse conselho não serve pra nada.

    ResponderExcluir
  6. Falta de respeito com essa criança preconceito qualquer ser humano pode escolher a sua sexualidade

    ResponderExcluir
  7. Isso é um vagabundo essa criança vai virar um montros

    ResponderExcluir
  8. Errada é a mãe. Por que ela nao tira a criança de perto desse monstro?

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus ! É cada uma ...
    Se essa mãe ama o seu filho de verdade ela tem que dá um chute no rabo desse marido abusado e homofobico do crlo.😠
    Deixa o rapaz viver do jeito dele poxa ! Não sendo bandido é o que basta. Coitado ...😢 vai criança pra bem longe desse monstro !!

    ResponderExcluir