quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Primeira colocada para Conselheira Tutelar em Bom Lugar foi apoiada pela professora Marilene



No último domingo (6), foram realizadas eleições para a escolha dos conselheiros tutelares que irão trabalhar a partir de 1º de janeiro de 2020 em prol dos direitos das crianças e dos adolescentes em todo Brasil; como estamos em ano pré-eleitoral, em várias cidades, o resultado da eleição do conselho tutelar está sendo encarada como um reflexo das eleições municipais do ano que vem.
 
Marilene, a Beija - Flor apoiou diretamente Silvana Miranda
No município de Bom Lugar (MA), 14 candidatos concorreram e mexeu com os ânimos dos eleitores bonlugarenses. As principais lideranças políticas se envolveram diretamente na campanha em prol de seus candidatos. A eleição aconteceu com tranquilidade; com a apuração, Silvana Miranda ficou em primeiro lugar. Ela recebeu o apoio da professora Marilene, também conhecida pelo seu apelido de “Beija-Flor”, que concorreu ao pleito pela prefeitura em 2016 e, é pré-candidata a prefeita de Bom Lugar pela oposição em 2020.

Nas eleições de 2016, o comitê da Beija-Flor, em Bom Lugar, funcionou na casa de Silvana Miranda; portanto, para a eleição do conselho foi o momento da professora Marlene retribuir o apoio importante e o resultado da parceria neste ano pode ser um sinal que em 2020 o resultado para Beija-Flor também será positivo em Bom Lugar.


Importante frisar, que Silvana Miranda também recebeu o apoio do ex-prefeito Marcos Miranda.

“O ex-prefeito Marcos participou ativamente da eleição do Conselho dando total apoio, dos 14 candidatos, se ele não apoiou diretamente uns 10, com certeza 8 foram amparados pelo ex-prefeito”, informou um morador de Bom Lugar.

Marcos também foi vitorioso com a eleição de uma parente dele, Camila Bezerra.

Pela disputa acirrada e emoção do que foi a eleição do Conselho Tutelar, pode-se esperar que as eleições em 2020 serão emocionantes.

Análise dos eleitos para Conselheiros Tutelares de Bom Lugar.

1 - Silvana (314 votos) - com apoio da professora Marilene, a Beija Flor

2 - Antônia Porfírio (299 votos) – Independente, recebeu o apoio do esposo, Gerônimo, uma liderança política de Bom Lugar.

3 - Camila Miranda (299 votos) - Candidata oficial de Marcos Miranda, ela é parente do ex-prefeito.

4 - Francisco Morais (295 votos) – Sem envolvimento político, ele é evangélico e recebeu o apoio das igrejas evangélicas.

5 - Maria Ivone ( 287 votos) – Candidata que contou com apoio da prefeita Luciene e do líder Rogério Costa.




13 comentários:

  1. Carlinhos em homenagem a verdade quero relatar algumas informações relevantes: O motivo da Silvana Miranda ter tirado em primeiro lugar não foi o apoio da profª. Marilene (Beija Flor), maior influenciador foi o esposo da candidata ao Conselho, Sr. Arterli, que usou a estrutura da Colônia de Pescadores a qual tem o comando, e jogou duro com os associados, além da compra de votos com o dinheiro patrocinado por Marcos Miranda, que por sinal é primo da eleita. Quanto a Camila Bezerra além de parente do Mal Hora, saiu bem votada na Urna do povoado Olho Dágua dos Mirandas, comprou votos exorbitadamente, com patrocínio do Primo ex prefeito ficha suja. Quanto a Antonia Porfilho foi patrocinada pela prefeitura e o ex prefeito (acendeu vela para todos santos), e compram votos descaradamente. Já a Ivone Noir teve a estrutura da família, do presidente da Câmara Neto Medeiros e da Prefeitura, foi publico e notório o mercado de votos, principalmente por parte do seu pai Antonio Cachaça. Já o jovem humilde e competente Francisco Morais, além de ter tido o apoio do seguimento evangélico e boa parte dos católicos, além do eleitorado consciente, o qual confiou nas suas propostas, saiu vencedor do pleito, sem comprar voto de ninguém. Esse sim, merece ser reconhecido como vitorioso. Os demais, só se elegeram porque compraram votos de eleitores sem vergonha na cara, se não fazer essa manobra imoral, teriam saídos derrotados. Publique por favor, isso é pura verdade!

    ResponderExcluir
  2. Essa não tem que tome a eleição dela em 2020, o povo ja cansou de sofrer

    ResponderExcluir
  3. Essa Marilne não ganha eleição nunca para prefeita em Bom Lugar. Nem candidata vai ser. Pegou a maior diferença em voto da história política de Bom Lugar.

    ResponderExcluir
  4. Mais fraca que caldo de peteca a Marilene. Talvez não ganha nem pra o CConselho Tutelar.

    ResponderExcluir
  5. Mais fraca que caldo de peteca a Marilene. Talvez não ganha nem pra o CConselho Tutelar.

    ResponderExcluir
  6. Esse Jovem Francisco Moraes é um jovem humilde.
    Esse não gastou nem 10 centavos..
    Tudo indica que em 2020 será indicado como Pre- Candidato a Vereador.
    Esse Jovem vai longe..

    ResponderExcluir
  7. Realmente F.Moraes é um Jovem do povo.
    Tudo indica que será indicado a pre-Candidato a Vereador indicado pelo o grupo dos Irmãos..
    Esses Irmãos são eficiente em ter estratégia...

    ResponderExcluir
  8. Como é que pode esse F.Moraes um caçador de coco sai do mato e foi eleito com a ajudar dos Irmãos..
    Família do Zé Filho.
    Esses caras não brincam de fazer política não.

    ResponderExcluir
  9. RAPAZ FOI UMA FALTA DE VERGONHA SOMENTE UM SE ELEGEU SEM COMPARAR VOTOS.

    ResponderExcluir
  10. Carlinhos entre em contato com o Caçador de Coco Francisco Moraes e pergunte se ele tem pretensão na política partidária???
    Acredito que ele não tirava 10 votos..

    ResponderExcluir
  11. Uma análise superficial do primeiro comentário, mas que retratou a eleição para conselheiros de Bom Lugar. Foi notório a compra de votos, que só enfraquessem o desejo de se ver uma população com o desejo de escolher o melhor para ocupação de cargos eletivos do nosso município. De qualquer forma foi uma demonstração que é possível impor mudanças.
    Espero que essa eleição possa ter despertado o desejo na população por uma escolha mais consciente de seus representantes.

    ResponderExcluir
  12. A respeito da eleição de Silvana Miranda e devida ao tipo de pessoa que ela é é uma mulher que vem a frente da comunidade católica do Bairro São Miguel, participa de pastorais ex: Pastoral familiar e a pastoral do idoso trabalho esse que só pode ser visto por quem é engajado na igreja mesmo sem os líderes religiosos fazerem campanha a qual é proibida pelo regimento das eleições esse trabalho dela foi recompensado pelas que tem conhecimento, quanto mim esposo dela tenho certeza que mesmo sem condições financeiras faço meu trabalho e sirvo ao povo não tenho nem soma das viagens que já fiz pra socorrer pessoas na alta madrugada por falta de ambulância no municio que se dispõe apenas de uma, já chegou época de não ter nenhuma, quanto ao jovem Francisco Morais não dismereco a sua eleição mas teve sua campanha por uma entidade religiosa a qual é proibido,digo também porque tenho certeza teve apoio de líder político forte do município então, teve outros candidatos que até a prefeitura usou sua força pra eleger fazendo reuniões com funcionários contratados obrigado votar nos candidatos indicados por eles. Mas com tudo isso que aconteceu acredito que todos os eleitos são capazes de assumirem os cargo que lhes foram confiados.

    ResponderExcluir
  13. Vcs compraram muito foi votos, além de obrigar os associados da colônia a votarem.

    ResponderExcluir