Compartilhe essa Notícia:

Paulinho caído no chão após o atrito com a polícia
Nesta quinta-feira (21), um homem identificado como Paulo de Amorim Gomes, o "Paulinho", morador de Esperantinópolis, foi morto numa barreira da Polícia Militar no município de Presidente Dutra. 

As circunstâncias da sua morte ainda são desconhecidas, mas as informações são de que ele foi baleado pelos agentes.  

Paulinho possuía extensa ficha criminal por envolvimento em roubo de motos na região. Ele estava sendo procurado desde o dia 23 de outubro, data em que ele conseguiu fugir da Delegacia de Esperantinópolis enquanto estava na sala do delegado. 

Na ocasião, a polícia recebeu um mandado de prisão preventiva em desfavor de Paulinho pela acusação de roubo. Ele compareceu na delegacia junto com o seu advogado, porém quando um agente lhe apresentou o mandado de prisão, o mesmo se evadiu do local, chegando a quebrar a porta de vidro da delegacia. Ao chegar na rua, Paulinho encontrou uma motocicleta com a chave na ignição e tomou rumo desconhecido.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. CPF CANCELADO COM SUCESSO

    ResponderExcluir
  2. Seus indiotas. Que ficam alegrando-se com a derota do próximo. Hoje foi ele amanha pode ser vc, talvez a morte seja mas feia......

    ResponderExcluir
  3. CPF cancelado, bandido bom é bandido morto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele era um ser humano só Deus tinha esse direito de tirar a vida dele

      Excluir
  4. seus demônios ele era errado sim mais não tão errado ao ponto de ser um assassino igual a esses bandidos bandidos q se dizem ser policias ele era errado mais era filho era pai era irmão era amigo era primo ele tem família seus otarios parem de se alegrar enquanto os familiares estão sentindo essa dor vcs ai bando de vagabundos se alegrando pela desgradesgraça dos outros

    ResponderExcluir