Compartilhe essa Notícia:



Na última segunda-feira (25), o Blog do Carlinhos postou a matéria intitulada "Municípios do Médio Mearim terão vários candidatos a prefeitos de oposição ao governador Flávio Dino". Na sessão que tratou do município de Esperantinópolis, o blog erroneamente postou a informação de que a professora Jucilene Uchôa estaria lançando uma pré-candidatura a prefeita em oposição ao Governador Flávio Dino.

Após a publicação da matéria, a educadora entrou em contato com o titular do blog para rebater as informações. Em resposta, ela afirmou que é uma defensora do governador e uma representante do Governo do Estado junto aos educadores do Médio Mearim, portanto, qualquer declaração de que a educadora seja adversária de Flávio Dino não procede. 

Jucilene pediu para que seu nome fosse retirado da relação de políticos apresentada na matéria, e não deixou dúvidas de que permanece na base de apoio do governador.

Mais informações
* Municípios do Médio Mearim terão vários candidatos a prefeitos de oposição ao governador Flávio Dino: 
https://www.carlinhosfilho.com.br/2019/11/municipios-do-medio-mearim-terao-varios.html
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

7 Comentários

  1. Eu só falo a verdade27 de novembro de 2019 17:49

    Ela não pediu votos para o governador,ano passado, só para os deputados

    ResponderExcluir
  2. Isso é cria de poção de pedras basta v como essse município estão suportando tanta corrupção terceirizando atestado mas tem outra função em outra cidade. Se dizem doentes mas trafegando na Cidade outros bebendo cachaça corrupção generalizada

    ResponderExcluir
  3. #elaestamentindo.
    Essa ai nunca que faz parte do grupo do governador. Ela e o marido veve a falar mal do papada de porco.
    Ela é a mãe da mentira.

    ResponderExcluir
  4. Só por medo de ter o emprego ameaçado mesmo sendo concursada essa aí não tem nem a metade da coragem do Chapolin Colorado portanto sigam me os bons.

    ResponderExcluir
  5. Essa aí nao tem nada de conhecimento na área politica

    ResponderExcluir
  6. Falar se muito em terceirização, mas isso é de menos pois a primeira dama de Esperantinópolis é funcionário do estado é nunca trabalhou um dia é agora ta aposentada isso é vergonhoso

    ResponderExcluir
  7. E o que dizer de uma professora que dá aula para o filho do prefeito em São Luís pago com o dinheiro público. Só em Esperantinópolis

    ResponderExcluir