Compartilhe essa Notícia:


A Polícia Civil do Estado do Piauí, em conjunto com agentes do Maranhão, deflagrou a 2ª fase da 'Operação Apocalipse' na manhã da última quarta-feira (04), com o objetivo de cumprir diversos mandados de prisão. O objetivo consiste em combater duas organizações criminosas voltadas para o roubo, furto, receptação e adulteração de veículos em Teresina.

Em meados de 2018 iniciou-se as investigações para desarticular quadrilhas voltados para a prática habitual de crimes envolvendo veículos, visto que o número de ocorrências dessa natureza vinha aumentando na capital piauiense.

A partir das investigações, percebeu-se dois grupos que atuavam organizadamente para as práticas de furto, roubo, receptação e adulteração de veículos. A quadrilha tinha várias ramificações, com alguns elementos no Maranhão.

Para combater as quadrilhas, que vem assolando o patrimônio de muitos piauienses, a Delegacia de Polícia Interestadual (POLINTER). Após o parecer favorável do Ministério Público do Piauí (MPPI), foram realizados 37 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão, cumpridos por mais de 100 policiais, dentre agentes da própria POLINTER e de Policiais Civis de diversos Distritos da Capital e Metropolitana, além de equipes da DEPRE, DRCI, DHPP, bem como pelas Delegacias de Esperantina-PI, Água Branca-PI, Pedreiras-MA e SEJUS-PI.



- Com informações de 180 graus
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Esses caras de pedreiras querem ter carro..ser rico, meus irmãos, primeiro vamos ter o que comer em casa bando de passa fome.....A mulherada ainda e grã nessas labias....bando de otarias....

    ResponderExcluir
  2. uma operação dessa proporção, e nem um bandido preso. ???

    ResponderExcluir
  3. A casa tá caindo 😍

    ResponderExcluir
  4. Tem muitos carros escondidos,e neguim andando apé.....kkkkkkkk... vão trabalhar bando de pilantras...

    ResponderExcluir