Compartilhe essa Notícia:


Os servidores efetivos da educação de Trizidela do Vale tem muito o que comemorar. O prefeito Fred Maia anunciou durante o evento 'X Congresso Municipal de Educação' iniciado nesta terça-feira (28) que a partir de janeiro todos os servidores receberão um aumento de 13% nos salários, número este que é superior ao anunciado pelo Governo Federal. 

Segundo o gestor, o aumento é mais que justo, pois durante todos esses anos os educadores têm demonstrado um grande empenho em melhorar os indicadores do município. E com isso, Trizidela do Vale tem alcançado grandes conquistas. 

Fred Maia salientou ainda que a educação municipal tem sido motivo de orgulho para ele e enfatizou o quanto que é gratificante poder colaborar com todos os profissionais da educação, pois "com a valorização da categoria teremos cada vez mais resultados positivos. Não existe profissão maior que a do professor. O aumento salarial dará mais disposição aos profissionais, para que continuem atuando de forma compromissada com a finalidade de fazer o município avançar cada vez mais", disse o prefeito.



Assecom- Assessoria de comunicação da Prefeitura de Trizidela do Vale.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

8 Comentários

  1. Esse prefeito respeita os professores, quando o prefeito de São Roberto era o Jerry nós professores também tínhamos aumento todos os anos além dos abonos, hoje com o Mundim estamos lascados sem aumento em 2018 e agora sem aumento em 2020, mas o sindicato hoje que é uma extensão do governo do Mundim não faz e não fala nada... Pior que todos do sindicato estão sendo agraciados com benefícios do prefeito Mundim...

    ResponderExcluir
  2. Bem feito!!Quanto tem reuniào da classe todos ficam escondidos feito cachorros desmamados.Sabe quem estå comendo alto?Arnaldo da Alegria,Fred da Alegria,ligięria é outros 1p ou 12 de Fora daqui.VIVA MUNDIM!!!!

    ResponderExcluir
  3. Realmente é triste a situação de São Roberto, o pior que existe professores que apoiam a reeleição do Mundim, mesmo com dois anos sem termos o reajuste direito nosso! Os membros todos do sindicato estão sendo tocados a condução, dou meus parabéns a esses traidores da classe em benefícios próprios

    ResponderExcluir
  4. Fico imaginando o que se passa na cabeça desse povo, a primeira dama, secretária de educação e as irmãs são professoras, será se elas não pensam que um dia podem voltar pra sala de aula?

    ResponderExcluir
  5. Fico imaginando o que se passa na cabeça desse povo de São Roberto, a primeira dama, secretária de educação e as irmãs são professoras, será se elas não pensam que um dia podem voltar pra sala de aula?

    ResponderExcluir
  6. Sao Luís Gonzaga não vai diferente de São Roberto, o prefeito, todo mês, dá o cala-boca do sindicato e os professores coitados, vivem numa situação difícil, só esse reajuste do governo federal e na mara. Difícil viu, só lamento pela falta de reconhecimente destes profissionais, pelos nossos gestores.

    ResponderExcluir
  7. Prefeito Mundim de São Roberto não deu o reajuste do piso nacional do magistério de novo! Já são dois anos sem aumento, e vai ganhar a reeleição com ajuda dos encéfalos dos professores

    ResponderExcluir
  8. Prefeito Mundim de São Roberto não deu o reajuste do piso nacional do magistério de novo! Já são dois anos sem aumento, e vai ganhar a reeleição com ajuda dos anencéfalos dos professores

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA