Compartilhe essa Notícia:


A prefeitura de Capinzal do Norte, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou a instalação de placas indicativas como forma de orientar os moradores sobre a proibição do despejo de lixo e descarte irregular de animais mortos no local onde funcionava um matadouro improvisado às margens da BR-135.

Além de restos mortais de animais abatidos pelos magarefes, pessoas jogavam animais mortos naturalmente no local, onde o odor da carniça prejudicava outros moradores mais próximos do bairro da Caixa Econômica.

O trabalho de limpeza no local foi solicitado pela própria população. Em seguida, foi realizada a fixação de placas de advertência no local.


De acordo com a Secretária Adjunta da SMMA, Maria Antônia, “a ação se estenderá por toda Capinzal do Norte, atendendo os locais onde o descarte incorreto acontece com frequência por moradores”.

O secretário de Meio Ambiente, Eucias Chagas, frisa que “a intenção é impactar e inibir esse tipo de ação, que é considerado crime ambiental e de saúde pública. Se o autor do despejo for pego em flagrante, o mesmo arcará com uma multa, além de ser o responsável pela limpeza do local afetado pelo despejo”.



Assecom – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Capinzal do Norte
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA