Compartilhe essa Notícia:


Na última quarta-feira (4), ocorreu o julgamento do réu confesso do feminícídio contra Silvana Lima Sousa, ocorrido em Trizidela do Vale. Em entrevista com Maria Rosa, a mãe da vítima, ela declarou se sentir aliviada com a condenação de Francisco da Silva e alega que a Justiça foi feita. O réu recebeu a pena de 21 anos de reclusão.

Francisco da Silva estava separado de Silvana Lima e no dia 27 de março de 2016 matou a sua ex-companheira com três tiros quando ela estava indo para a casa da sua mãe em Trizidela do Vale na garupa de um moto táxi.

Apesar de ter sido orientada a permanecer no Fórum, Maria ficou do lado de fora durante o proferimento da sentença, afirmando que naquele momento teve muito medo, pois ela temia que o acusado fosse absolvido.

"No meu ponto de vista ele merecia ser preso por mais tempo, mas se a Justiça determinou aqueles anos, que seja, eu fiquei satisfeita. Agradeço a todas as pessoas que estiveram lá. Que Deus abençoe todas as mães a nunca passarem pelos momentos que eu passei", disse a senhora Maria Rosa.

Emocionada, a mãe de Silvana Lima disse que hoje se sente em paz, realizada e que sentiu muita raiva ao ficar de frente com Francisco da Silva no julgamento. Hoje, ela cuida do filho deixado por Silvana. Confira a entrevista completa com o repórter Igor Costa, da TV Difusora de Pedreiras.




- Com informações da Tv Ouro Vivo
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

Informe da ALEMA