Compartilhe essa Notícia:

Segundo informações da Polícia Civil, alguns detalhes do depoimento da suposta vítima foram contraditórios.

Ontem (15), um homem que trabalha como Guarda Municipal foi preso no município de Esperantinópolis. A prisão foi ocasionada pela denúncia de uma mulher, que afirmou ter sido estuprada pelo indivíduo.

A suposta vítima, de 21 anos e moradora do Bairro São Sebastião, afirmou que o caso ocorreu por volta das 2h30m no sábado (14). Ao longo da madrugada, uma guarnição da PM fez buscas para localizar o indivíduo, mas não o encontraram. Os familiares do suspeito, em conversa com a polícia, informaram que ele havia fugido.

Por volta das 10h, ele foi encontrado no povoado Pela Galo, onde chegou a ser preso e levado para a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras.

Posteriormente, o delegado que investiga o caso voltou a conversar com a vítima, porém, informações revelam que ela cometeu algumas contradições no seu depoimento, o que colocou em dúvida a precisão dos detalhes de seu relato.

O homem foi liberado e o caso continua a ser analisado cuidadosamente pela Polícia Civil.

- Com informações de Carlos Barroso e Ribinha da FM (Tribuna 101)
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. NAO APOIO ESTUPRO, MAS TEMOS QUE TER CUIDADO , TEM MUITA MULHER SE VINGANDO DE HOMEM COM ESSAS HISTORINHAS MAL CONTADAS

    ResponderExcluir
  2. Gente na cidade de Espera tijolo los não tem medico pra fazer exame de conjunção carnal na mulher. E ainda se o cara fugiu pq ai tem coisa. Ele solta sem uma apuração rigorosa, pq o delegado viu contradição nos depoimentos da vítima? Isso da atestado pra estupradores, pedófilos fazerem o que querem se as vitimas se contradizerem eles vão da bananas pras vitimas com o aval das autoridades.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA