Compartilhe essa Notícia:


O vereador Francisco Cordeiro divulgou recentemente um vídeo em que faz duras críticas ao atual prefeito de Lagoa Grande, Chico Freitas. O tema tratado por ele foi o corte no salário dos servidores contratados da prefeitura de Lagoa Grande, feito em plena época de pandemia devido ao coronavírus.

Francisco Cordeiro, que é professor e advogado, alega que os funcionários, que antes recebiam um salário mínimo, passaram a receber em suas contas o valor de apenas R$ 300 à R$ 350, sob a justificativa de que eles não trabalharam no mês de abril devido à quarentena. 

O vereador classificou a decisão do governo do prefeito Chico Freitas, como "lamentável, autoritária e desrespeitosa", uma vez que os trabalhadores não foram avisados de antemão. Veja a declaração na íntegra no vídeo acima.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Carlinhos, não foi cortado salário de ninguém, receberam pelos dias trabalhados e não tinham contrato assinado. Esse vereador que quer bancar o inocente só quer chamar a atenção, quis ser prefeito e não deu certo, quis e quer ser vice e não tá dando certo. Quer dizer que ele passou quase três mandatos Mamando e só acordou agora porque o peito secou? Tem é que procurar a turma dele porque nós não somos cachorros de coleira. Vão levar uma taca nas urnas.

    ResponderExcluir
  2. Quer dizer que aí na cidade da Lagoa Grande os funcionário público não é salariado não trabalha e na Diária o professor o vigilante o etc. Todos sabem que as aulas foram suspensas por causa da pandemia e aí o pagamento dos salários dos servidores vai ser descontados isso existe não seu prefeito pegue os funcionários porque Eles precisam parabéns vereador por denunciar denúncia greve você vereador está de parabéns continua assim

    ResponderExcluir
  3. Esse só quer aparecer doido por uma vaga de vice mas pode te aquietar tu não tem força e nem voto pra isso

    ResponderExcluir
  4. Esse ai é farinha do mesmo saco. Tá querendo se aparecer depois de oito anos de omissão. Vai procurar tua turma pilantra.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA