Compartilhe essa Notícia:


A Prefeitura de Lima Campos, liderada pelo Prefeito Jailson Fausto, vem tomando uma série de medidas para combater o avanço da Covid-19 no município, seja através da distribuição de máscaras à toda população, campanhas de conscientização e fortalecimento da estrutura da saúde. A cada dia, as equipes lideradas pelo gestor contam com novos recursos e expandem a rede de saúde para tratar dos pacientes. O esforço é incessante nesse momento crítico. 

Tal organização na estrutura da saúde é algo sem precedentes na história de Lima Campos, tornando o município um dos mais preparados para lidar com a doença na região. O cuidado especial vem sendo feito principalmente através da luta por leitos, aquisição de remédios, equipamentos de proteção individual (EPI´s), dentre outros recursos. A Secretaria Municipal de Saúde – capitaneada pela competente e comprometida Lidiane Curvina – tem agido com excelência contra essa pandemia que o mundo inteiro combate, sempre com a presença e com a garra do prefeito municipal. 

“Eu faço questão que todos os limacampenses saibam que não estou medindo esforços nessa luta. Não tenho horário para descanso. Qualquer hora, para qualquer coisa, estou aqui. Eu sou o primeiro a tomar a frente para, juntamente com minha equipe, solucionar da melhor maneira possível todos os problemas. Eu conto com a colaboração de cada limacampense. Cada um é soldado nesse combate contra o corona vírus. Estamos todos juntos e vamos vencer porque Deus está com a gente e vai à nossa frente”, declarou o prefeito Jailson, em entrevista ao Departamento Municipal de Comunicação.

A Secretária de Saúde Lidiane destaca que, além da aquisição de equipamentos, outras providências vêm sendo tomadas e estão vindo aí para incrementar o atendimento ao público, garantindo a eficácia do enfrentamento à Covid-19. “Vou explicar todos os detalhes das ações e medidas da Secretaria de Saúde de Lima Campos, em tempos de pandemia. A população precisa saber que temos todo aparato pessoal e técnico – dentro da nossa capacidade local – para fazer o máximo pelas vidas de nosso povo", disse. 

Como ocorre o tratamento de pacientes com síndromes gripais em Lima Campos?

O atendimento funciona no prédio do CAPS, em frente ao Hospital Municipal. Quando a pessoa chega na unidade apresentando sintomas de gripe, passa por uma triagem. A partir disso, identifica-se os casos leves e os mais avançados.

O atendimento é realizado pelos enfermeiros e, se necessário, por um médico. Se na consulta, a equipe de Síndromes Gripais identificar que se trata somente de gripe, é receitado ao paciente medicação de acordo a necessidade que seu caso exige. As pessoas já saem do CAPS com seus remédios em mãos.

Caso sejam identificados sintomas similares ao de Covid-19, investiga-se quantos dias o paciente tem apresentado os sintomas, e o mesmo recebe a orientação de ficar isolado em casa (é recomendado que não entre em contato com os demais moradores da residência até que se certifique se é Covid-19 ou não), aguardando o momento da realização do seu teste. Nesse interim, a equipe fará um intenso acompanhamento da pessoa por ligação telefônica, aplicativo de mensagens e até por chamadas de vídeo. O teste será realizado no Centro de Saúde da Mulher – onde são feitos de 25 a 30 testes por dia. Ao todo, as equipes já fizeram mais de 400 testes até a data desta segunda-feira (20).

A equipe de Síndromes Gripais trabalha por escala, doando-se ao máximo pelos pacientes. Esses profissionais têm consciência de que não devem retornar para suas residências, a fim de não expor suas famílias ao risco de uma possível contaminação. Ao fim de seu expediente, a equipe vai para duas casas alugadas pela Prefeitura Municipal. De lá, os profissionais continuam o monitoramento citado acima.

Como funcionam os casos que necessitam de internação? 

O prefeito Jailson Fausto contraou uma empresa para treinar os profissionais ao enfrentamento da Covid-9. Dessa forma, há uma equipe montada especialmente para atender demandas de internação.

O município conta agora um respirador, no intuito de estabilizar o(a) paciente até que se consiga uma transferência para um hospital que tenha UTI.

Foi montado ainda um centro de triagem para Síndromes Respiratórias nas instalações físicas do CAPS, onde os servidores realizam o primeiro atendimento presencial.  Assim é feita uma relação para possíveis casos suspeitos de Covid-19.

Mais

A Secretaria de Saúde de Lima Campos tem feito o possível para trabalhar de acordo com a realidade epidemiológica do município, sem omissão de informações sobre casos suspeitos ou confirmados. Ao todo, 10 pessoas já foram curadas da doença na cidade, e esse número tende a aumentar nos próximos dias, dado ao empenho das equipes da saúde.

Já foram disponibilizados 300 comprimidos de cloroquina e 600 comprimidos de azitromicina. Além disso, a prefeitura realizou a compra de mais 600 comprimidos de cloroquina, 600 de zinco, 600 de vitamina D e 2000 comprimidos de azitromicina. Esses medicamentos são entregues mediante receita médica, na farmácia do CAPS, pela responsável Jane Veras.

A fim de esclarecer qualquer dúvida à população, os moradores podem fazer uso do Tele Atendimento pelo número (99) 981271583 (atendente Ítala Érica), que colhe informações de denúncias e dúvidas, e repassa ao setor responsável. Há ainda o Telessaúde com médico dr. Marcos Caldas para consultas ou dúvidas sobre sintomas da Covid-19.

"Nossa preocupação maior é com os grupos de risco e idosos. Sabemos que as informações corretas, prevenção, consciência das pessoas, são as principais estratégias de combate ao corona vírus. Por esse motivo, destacamos os nossos agentes comunitários de saúde que fazem a promoção, prevenção e controle de agravos. A secretaria também usa as mídias sociais para levar informações e formas de prevenção", disse o prefeito Jailson Fausto.

Com aumento dos casos na cidade, o gestor tornou urgente a necessidade de ampliar os leitos ambulatoriais para a Covid-19, partindo para algumas mudanças de isolamento das áreas no hospital municipal, que totaliza agora 10 leitos, contando ainda com um respirador na unidade de saúde. Esse tipo de atendimento é feito numa ala separada do Hospital, ou seja, não há risco nenhum para os demais usuários dos SUS.

Resumo das ações realizadas em Lima Campos combater o coronavírus

- Treinamento aos profissionais de saúde, para melhorar o atendimentos aos casos suspeitos; 

- Equipe especial para atender somente nos casos de internação;

-Compra de um respirador;

-Montagem de um Centro de Triagem para Síndromes Respiratórias com médicos em ação todos os dias;

- Fornecimento de medicação de acordo com protocolos médicos ambulatoriais: cloroquina, azitromicina, zinco, vitamina D, ivermectina;

- Testagem de todos os casos suspeitos;

- Monitoramento diário dos casos suspeitos e positivos através da Central de Atendimento;

- Desinfecção dos prédios públicos, comércios e área de grandes aglomerações na cidade (zona urbana e zona rural);

- Distribuição de mais de doze mil máscaras a toda a população limacampense – sede e interior;

- Atuação das mídias sociais com informações sobre prevenção;

- Orientação e monitoramento da Vigilância Sanitária nos lugares de maior aglomeração de pessoas, como: lotéricas, bancos, feiras;

- Fornecimentos de EPI a todos funcionários da Prefeitura Municipal;

- Distribuição de álcool gel nos setores públicos para população;

- 02 Túneis/Cabines de Desinfecção para o Hospital Municipal e para o Centro de Triagem – CAPS – (chegando).

Com informações do Departamento Municipal de Comunicação de Lima Campos
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA