Compartilhe essa Notícia:


Na última quarta-feira (20), alguns estabelecimentos comerciais foram vistos de portas abertas em Pedreiras. A polícia foi nessas lojas e, ao aplicarem as penalidades devidas, exigiram que os proprietários fechassem tudo novamente. 

As consequências para os empresários que insistirem em violar o decreto é dura, uma vez que, após receber multas, os estabelecimentos que continuarem a abrir podem ter o alvará de funcionamento cassado.  

Apesar das circunstâncias atuais enquadrarem o ato de reabertura dos estabelecimentos como uma infração, o cenário que os comerciantes enfrentam de fato é desesperador. 

A classe se sente cada vez mais desamparada com os custos de alugueis, exigência para pagamento de funcionários, incerteza quanto ao futuro e boletos de pagamento que continuam chegando. A situação faz com que alguns vejam o ato de burlar a lei como a única saída possível para sobreviver nesse período de crise. 

Devido a essa situação delicada, representantes da classe empresarial de Pedreiras irão se reunir nesta quinta-feira (21) com o Prefeito Antônio França, a fim de procurar uma saída para o atual problema que os comerciantes enfrentam. 



⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

  1. Não tem ninguém melhor do que o outro, se é pra fechar, então a lei é pra todos.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA