Compartilhe essa Notícia:

Imagem da internet

Revoltados com a falta de energia, moradores da comunidade quilombola de Monte Alegre, zona rual de São Luís Gonzaga, decidiram apreender um carro que presta serviços para a Equatorial Energia (antiga Cemar), num ato de protesto na tarde desta quarta-feira (17).

Segundo os moradores, as constantes interrupções no fornecimento acontecem há muito tempo, principalmente no período da noite. "A energia que é fornecida na comunidade é de péssima qualidade. Às vezes passa de um a dois dias sem energia e quando chega no período da noite falta energia até pra puxar a bomba do poço d'água", relatou um morador.

Os moradores já chegaram a enviar várias reclamações para a empresa, mas não obtiveram respostas satisfatórias. Eles, inclusive, chegaram a iniciar um processo contra a empresa mas, por conta da pandemia, a ação não foi levada adiante.

Um veículo da Equatorial esteve na comunidade para realizar a troca de um transformador mas, de acordo com os moradores, só isso não seria suficiente. Eles exigiram que fosse feita a restauração de toda a linha de energia do local. No impasse, eles apreenderam o veículo da empresa para que suas solicitações fossem atendidas.

A Polícia Militar esteve no local e a Equatorial Energia informou que um representante da empresa estará na comunidade para ouvir a demanda dos moradores e resolver a situação da melhor maneira possível.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. Será q esta comunidade paga pela a energía? Pq no BR , hoje em dia tudo tem que ser de graça, trabalhar q é bom ninguém quer, tem q ser tudo na bokinha!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente naquela estrada que dá acesso para São Luiz Gonzaga via Trizidela do Vale, os povoados localizados nessa região sofrem muito com isso. Sem falar que quando falta energia eles só arrumam no outro dia. E sempre falta no período da noite. 😕

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA