Compartilhe essa Notícia:


A Prefeitura de Lago do Junco informou no Boletim Epidemiológico da última segunda-feira (1) que a cidade possui apenas 14 casos confirmados do novo coronavírus. Os números chamam atenção pois mostram que o município segue um ritmo de crescimento da doença diferente das demais cidades próximas. 

O motivo é que a consciência da gravidade da situação tomou conta dos moradores. O que se vê é a Prefeitura e a população agindo em conjunto para enfrentar a pandemia. As máscaras de proteção, por exemplo, se tornaram o item de uso muito comum pelas ruas. 

O receio de que o coronavírus castigue Lago do Junco também fez com que a população evitasse de ir para Lago da Pedra, município que experimenta um estágio avançado da pandemia. Qualquer imagem de Lago do Junco feita nos últimos dias mostra que as pessoas estão cumprindo devidamente com a quarentena. 



"A situação está controlada aqui, os moradores acataram bem o isolamento e estão conscientes da situação. É extremamente raro ver alguém não utilizando máscaras ao sair nas ruas, quase todo mundo também evitar ir para cidades com muitos casos confirmados", disse o prefeito Osmar Fonseca. 

Como medida para reforçar o controle da situação, o Prefeito Osmar Fonseca suspendeu completamente as atividades da feira, que atraia um grande fluxo de pessoas vindas de Bacabal, Pedreiras, Vitorino Freire, Lago da Pedra e outras cidades. Além disso, a prefeitura implantou um "quase" lockdown em Lago do Junco, porém, em vez de isolar totalmente a cidade, policiais militares foram designados a montar pequenas barreiras nas saídas do município, a fim de oferecer orientações a quem entra e sai de Lago do Junco.





"Todas as nossas medidas vem fazendo efeito. Um município como o nosso que está na faixa dos 10.000 habitantes ter apenas 14 casos nos deixa otimistas. Cabe ressaltar que nenhum dos pacientes com coronavírus em Lago do Junco estão internados, todos apresentam um quadro de saúde fácil de ser tratado e seguem em isolamento domiciliar.", continuou o prefeito.

O número de infecções no município chega a ser menor do que o de algumas comunidades rurais da região, tais como o Povoado Santa Luzia em São José dos Basílios, que conta com 17 infecções, e também o Povoado Três Lagoas do Piraca, em São Raimundo do Doca Bezerra, que registra 57 pessoas infectadas.  

Das cidades limitrofes, Lago da Pedra é que apresenta o maior número de casos, contendo 284 confirmações, seguida de Igarapé Grande (205), Poção de Pedras (103), Bom Lugar (26), Lago dos Rodrigues (25) e São Luís Gonzaga (8). 

Ao todo, 41 casos estão em análise em Lago do Junco, o município conta também com duas pessoas recuperadas da doença. Veja o último boletim epidemiológico:





⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. Graças a Deus tem pouco caso confirmado. Porque se aumentar o povo de lá estam e lascado, pois tem dias que não fica um médico de plantão.

    ResponderExcluir
  2. Bem controlado!
    Até pq esse bairro de Lago da Pedra tem pouca movimentação de pessoas.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA